Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Sexta-feira, 26 de maio de 2017 - 8h11
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Arquivo NippoBrasil - Edição 076 - 16 de outubro a 1 de novembro de 2000
 
Kinoko (Cogumelo)

(Fotos: Reprodução / Divulgação)

O matsutake é um tipo de cogumelo freqüentemente usado para pratos japoneses característicos do outono. Seu uso é variável. Para apreciar o seu sabor, as pessoas podem assá-lo, cozinhá-lo em banho-maria e também misturá-lo com arroz. Apesar do seu alto preço, o matsutake foi apreciado pelo povo desde a Era Heian devido a sua forma, cor e cheiro.

A colheita de cogumelos era uma forma de distração do povo no outono. No Japão, o cultivo de cogumelos proliferava em função do clima temperado e alto índice de umidade do país. No arquipélago existem cerca de 4 mil tipos de cogumelos, com as mais variadas cores, desde o marrom até o vermelho.

Ultimamente, os pratos com cogumelos como shimeji e shiitake podem ser observados nos cardápios dos restaurantes brasileiros. Mesmo assim, a impressão que se tem é que não há no mundo um povo que goste tanto de cogumelos como os japoneses.

Numa vila localizada no sopé de uma montanha na China, está em andamento um projeto de exportação de cogumelos para o Japão desenvolvido pelos moradores daquele local. Na comunidade nipo-brasileira, são constantes as palestras abordando o assunto.

O cogumelo é um tipo de fungo que habita no Japão, China, Coréia e em Taiwan e se reproduz na floresta de pinheiros. O Japão é um país muito ativo no cultivo artificial de cogumelos. Entre as principais regiões produtoras do arquipélago, podemos citar Quioto, Hiroshima, Okayama, Hyogo e Nagano.

Dependendo do povo, difere-se também o cogumelo preferido. Kikurage (orelha-de-judas) é um tipo de cogumelo indispensável para a culinária chinesa. Por outro lado, o aroma do cogumelo é pouco apreciado pelos ocidentais.

Desde antigüidade os cogumelos também eram utilizados como um artigo de troca. Isso pode ser muito observado nos antigos poemas japoneses. Um pesquisador da literatura japonesa, Kazuaki Komine, comenta que a forma erótica do cogumelo, similar a de um pênis, e o fato de nascer repentinamente num lugar inesperado, faz com que muita gente lembre a vida misteriosa do ser vivo.

Devido à sua forma parecida a uma pessoa com o chapéu, o cogumelo é comparado também com um monge. No Konjaku Monogatari, uma coleção narrativa do Japão, China e Índia, aparecem as histórias de um monge que se regenera no cogumelo e que gosta de comê-lo.

Distinguir um cogumelo venenoso do comestível é difícil. Dizem que existe waraidake. Dizem que um grupo de monge, ao comê-lo, começou a ter um acesso de riso. Além disso, todos eles começar a dançar feito loucos.


*Esta página foi elaborada pelos professores da Aliança Cultural Brasil-Japão,
especialmente para o NIPPO-BRASIL.
História da Culinária
Arquivo Nippo - Edição 289
Moti
Arquivo Nippo - Edição 287
Soba
Arquivo Nippo - Edição 285
Menrui-Udon
Arquivo Nippo - Edição 283
Donburimono
Arquivo Nippo - Edição 281
Sekihan
Arquivo Nippo - Edição 279
Onigiri
Arquivo Nippo - Edição 277
Arroz
Arquivo Nippo - Edição 275
Missô
Arquivo Nippo - Edição 273
Natto
Arquivo Nippo - Edição 271
Tofu – O alimento ideal
Arquivo Nippo - Edição 269
Soja
Arquivo Nippo - Edição 267
Yosenabe
Arquivo Nippo - Edição 265
Shabu shabu
Arquivo Nippo - Edição 263
Sukiyaki
Arquivo Nippo - Edição 261
Nabemono (Caldeirada)
Arquivo Nippo - Edição 259
Sashimi - Segunda parte
Arquivo Nippo - Edição 257
Sashimi - Primeira parte
Arquivo Nippo - Edição 255
A história do inarizushi e chirashi
Arquivo Nippo - Edição 253
A história do makizushi
Arquivo Nippo - Edição 251
A história do nigirizushi
Arquivo Nippo - Edição 109
Ohagi e Monaka
Arquivo Nippo - Edição 107
Sembei
Arquivo Nippo - Edição 106
Anpan
Arquivo Nippo - Edição 105
Nagashi
Arquivo Nippo - Edição 104
Sakuramochi
Arquivo Nippo - Edição 102
Moti - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 101
Moti - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 76
Kinoko (Cogumelo)
Arquivo Nippo - Edição 50
Instant Lámen
Arquivo Nippo - Edição 18
Wagashi: os saborosos biscoitos e doces tradicionais japoneses
Arquivo Nippo - Edição 01
A lenda do linguado

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

88 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases