Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Domingo, 05 de dezembro de 2021 - 4h19
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 
Shizuka-gozen e Sato Tadanobu - Parte 2
 

Adaptação livre de Claudio Seto
(Texto e desenhos: Claudio Seto)

 

Na primeira parte desta lenda, foi retratada a rivalidade entre os Heike e os Genji, que lutaram entre si pelo poder do Japão durante vários anos. Quando os Genji, comandados por Minamoto-no-Yoritomo (auxiliado por seu habilidoso meio-irmão Minamoto-no-Yoshitsune), chegaram ao poder, boatos começaram a colocar um irmão contra o outro. Preocupado com um golpe, Yoritomo decidiu matar seu irmão e enviou seu exército para cumprir a missão. Yoshitsune, no entanto, querendo evitar o confronto com o irmão, decidiu fugir em companhia de seus fiéis guerreiros. Sua namorada, Shizuka, entretanto, foi obrigada a ficar para trás, em companhia de Sato Tadanobu, outro leal seguidor de Yoshitsune.

Com a investida do capitão Hayami-no-Tota, a bela Shizuka Zenshi compreendeu quanto sua presença seria perigosa na fuga de Yoshitsune. Assim, resignada, tomou o caminho de Quioto em companhia de seu guarda-costas, Tadanobu.

Pouco depois da primeira caminhada, encontraram um camponês que os alertou do perigo em continuarem na direção da capital. O exército de Yoritomo havia colocado postos de guarda nas divisas de cada cidade e várias tropas vinham naquela direção, vasculhando tudo.

Shizuka então resolveu que deveriam ir atrás de Yoshitsune, e ambos retornaram, seguindo na direção para onde fora o irmão de Yoritomo. O Monte Yoshino estava ainda coberto de neve, mas as mil cerejeiras já estavam todas floridas.

Shizuka ficou deslumbrada ao ver que o Monte Yoshino estava totalmente cor-de-rosa. Coberta de cerejeiras em flor, a floresta era um espetáculo da natureza de indescritível beleza. Então, ela resolveu descansar sob uma árvore, enquanto apreciava as flores.

De repente, ela percebeu que Sato Tadanobu havia desaparecido. Olhou para todos os lados e não havia ninguém perto dela. Vendo as pétalas das cerejeiras caindo levemente como plumas ao vento, Shizuka colocou o tamboril no ombro e resolveu tocar o instrumento enquanto cantava uma canção de amor e ensaiava passos de dança.

Quando ela produziu sons no couro do tamboril, repentinamente o guerreiro Sato Tadanobu surgiu ao lado dela. Shizuka levou um susto, mas conteve a emoção e continuou com sua música. Sem resistir à melodia, Tadanobu fez contradança com Shizuka.

Ela ficou admirada com a habilidade que Tadanobu tinha para dançar, pois era quase inacreditável que um homem forte, robusto e grande como ele pudesse dançar com gestos delicados de tamanha leveza.

Shizuka começou a desconfiar que aquele não era o guerreiro Tadanobu, mas, antes que pudesse interrogá-lo, ele havia desaparecido novamente. Solitária na bela paisagem florida do Monte Yoshino, a dançarina Shizuka compunha verbalmente poesias para seu amado. Quando tocava o tamboril para fazer acompanhamento, Tadanobu surgia repentinamente ao seu lado. Havia um mistério no ar.

Na verdade, aquele não era o verdadeiro Sato Tadanobu, e sim uma raposa branca encantada que se fazia passar pelo guerreiro. Pelo fato de ser uma raposa branca, quando não estava transformada na figura de Tadanobu, era confundida com a neve que cobria o chão do Monte Yoshino.

 
Adaptação livre de Claudio Seto

Arquivo NippoBrasil - Edição 310 - 27 de abril a 3 de maio de 2005
Lendas do Japão
Arquivo Nippo - Edição 320
O Tengu Azul e o Tengu Vermelho
Arquivo Nippo - Edição 318
O cúmulo da cortesia
Arquivo Nippo - Edição 316
O desejo de visitar o Grande Santuário de Ise e morrer
Arquivo Nippo - Edição 314
Hachizuke, o deus Inari
Arquivo Nippo - Edição 312
Kin no kamikazari
Arquivo Nippo - Edição 310
Shizuka-gozen e Sato Tadanobu - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 308
Shizuka-gozen e Sato Tadanobu - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 306
O incêndio de furisode
Arquivo Nippo - Edição 304
Um lírio de 33 flores
Arquivo Nippo - Edição 302
Ôoka Tadasuke e o caso do cheiro roubado
Arquivo Nippo - Edição 300
Zashiki Warashi
Arquivo Nippo - Edição 298
A Tartaruga e a Garça (Kame-san to Tsuru-san)
Arquivo Nippo - Edição 296
O Kozo e a Yamanbá
(parte final)
Arquivo Nippo - Edição 294
O Kozo e a Yamanbá
(parte 1)
Arquivo Nippo - Edição 292
A história de Shiro (Parte final)
Arquivo Nippo - Edição 290
A história de Shiro (Parte 1)
Arquivo Nippo - Edição 288
A bela mulher do desenho
(Parte Final)
Arquivo Nippo - Edição 286
A bela mulher do desenho
(Parte 1)
Arquivo Nippo - Edição 284
A lenda do Nobre Galo
Arquivo Nippo - Edição 282
O rei das trutas iwana
Arquivo Nippo - Edição 280
O gato assombrado de Nabeshima
Arquivo Nippo - Edição 278
Tanokyu e a serpente gigante
Arquivo Nippo - Edição 276
Anchin e Kiyohime
Arquivo Nippo - Edição 274
O legendário Hidesato
Arquivo Nippo - Edição 272
A princesa Peônia
- Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 270
A princesa Peônia
- Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 268
A tennin e o pescador
Arquivo Nippo - Edição 266
Kitsune Tokoya
Arquivo Nippo - Edição 264
A Gata Encantada
Arquivo Nippo - Edição 262
Kinuhime, a deusa da seda
Arquivo Nippo - Edição 260
Os ratos sumotoris
Arquivo Nippo - Edição 258
A origem da estrela-do-mar
Arquivo Nippo - Edição 256
O leque mágico
Arquivo Nippo - Edição 254
Guengoro e o tambor encantado
Arquivo Nippo - Edição 252
O nascimento de Zenshi no Mikoto
Arquivo Nippo - Edição 250
Toguênkyo - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 248
Toguênkyo - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 246
Warashibe Choja - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 244
Warashibe Choja - Parte 1


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2021 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados