Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quinta-feira, 06 de agosto de 2020 - 9h29
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 141 - 6 a 19 de fevereiro de 2002
 
O Mestre

Adaptação livre de Claudio Seto
(Texto e desenhos: Claudio Seto)

 

O grande mestre Rinzai, certa feita, em um sermão proferido aos seus discípulos, afirmou que, segundo as escrituras, Buda tinha muitos poderes psíquicos.

Alguém na platéia pede que ele explique o que são estes poderes e o mestre fala:
- Contam que no fim de uma batalha o rei dos demônios fez com que os 84 mil demônios entrassem e ficassem presos num talo da flor de loto.

Os discípulos continuaram ouvindo e o mestre continuou:

- Se o rei dos demônios fosse um Buda, ele repetiria esta façanha?
A audiência manteve-se calada e o mestre finalizou:

- Os poderes do senhor Buda e o de um Buda são os verdadeiros poderes. E só um Buda os possui. Que poderes são estes? É o poder que faz alguém ver realmente uma coisa como ela é sem ser enganado pela cor ou pela forma; é ouvir sem ser enganado pelo ouvido, nem pelos sons; é cheirar sem ser equivocado pelos odores e aromas; é degustar sem confundir-se com os sabores; é tocar sem ser enganado pelo tato; é pensar sem ser enganado por configuração mental. Ou seja, um Buda está plenamente atento quanto aos seus sentidos, que são a porta para muitas coisas. Coisas essas boas ou ruins, mediante a nossa atitude.



As Palavras de Deus

Nos anos 700, um peregrino foi até a montanha Yudono-san ao norte da ilha de Honshu, no Japão, à procura do mago Shamon, da Seita Zenchi, certo de que o mestre poderia lhe transmitir as palavras de Deus. Depois de dura escalada, que levou dias, encontrou um solitário mosteiro, próximo de um vale, onde o mago morava.

- Mestre, vim de Heian-kyo para ouvir do senhor as palavras de Deus. Por favor, não me negue esse anseio, pois foi com grande sacrifício que consegui chegar até aqui.

- Quando vinha atravessou um vale? Perguntou o mago.
- Sim.
- Por acaso ouvistes o seu som?

Meio na dúvida o homem respondeu:
- Sim, acho que ouvi o som do vento... parecia uma música suave percorrendo entre as árvores do vale.

- Então nada mais tenho a lhe transmitir. Já ouviste as palavras de Deus.

 
Adaptação livre de Claudio Seto
Lendas do Japão
Arquivo Nippo - Edição 286
A bela mulher do desenho
Arquivo Nippo - Edição 284
A lenda do Nobre Galo
Arquivo Nippo - Edição 282
O rei das trutas iwana
Arquivo Nippo - Edição 280
O gato assombrado de Nabeshima
Arquivo Nippo - Edição 278
Tanokyu e a serpente gigante
Arquivo Nippo - Edição 276
Anchin e Kiyohime
Arquivo Nippo - Edição 274
O legendário Hidesato
Arquivo Nippo - Edição 272
A princesa Peônia
- Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 270
A princesa Peônia
- Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 268
A tennin e o pescador
Arquivo Nippo - Edição 266
Kitsune Tokoya
Arquivo Nippo - Edição 264
A Gata Encantada
Arquivo Nippo - Edição 262
Kinuhime, a deusa da seda
Arquivo Nippo - Edição 260
Os ratos sumotoris
Arquivo Nippo - Edição 258
A origem da estrela-do-mar
Arquivo Nippo - Edição 256
O leque mágico
Arquivo Nippo - Edição 254
Guengoro e o tambor encantado
Arquivo Nippo - Edição 252
O nascimento de Zenshi no Mikoto
Arquivo Nippo - Edição 250
Toguênkyo - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 248
Toguênkyo - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 246
Warashibe Choja - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 244
Warashibe Choja - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 242
O nome da gata
Arquivo Nippo - Edição 240
O Perfeito Macaco-Rei
Arquivo Nippo - Edição 238
Cesto cheio de água
Arquivo Nippo - Edição 236
O Macaco e a Água Viva - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 234
O Macaco e a Água Viva - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 232
O Mestre da Sabedoria
Arquivo Nippo - Edição 230
Zuiten
Arquivo Nippo - Edição 228
O Dia Seguinte
Arquivo Nippo - Edição 226
A Estátua e os Macacos
Arquivo Nippo - Edição 224
O fruto da cor de ouro
Arquivo Nippo - Edição 222
Espelho de Matsuyama - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 220
Espelho de Matsuyama - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 218
Shinguen e o Egoísmo
Arquivo Nippo - Edição 216
Ki o niguiru meiso
(Meditar com o bonsai)
Arquivo Nippo - Edição 214
O bambu e a correnteza
Arquivo Nippo - Edição 212
O trovão que caiu das nuvens - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 210
O trovão que caiu das nuvens - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 208
Tudo sob controle
Arquivo Nippo - Edição 206
O guetá encantado


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2020 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados