Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quinta-feira, 06 de agosto de 2020 - 10h10
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 127 - 24 de outubro a 6 de novembro de 2001
 
Beleza Natural

Adaptação livre de Claudio Seto
(Texto e desenhos: Claudio Seto)

 

A cidade de Nara, no Japão, é famosa pela existência de grande quantidade de templos e seus esplêndidos jardins. Certa ocasião, devido à idade avançada, um velho monge jardineiro da Seita Zenchi aposentou-se de suas funções e foi substituído por um jovem monge que amava as flores, a relva e as árvores.

Um belo dia, foi anunciada a visita de um membro da Família Imperial ao templo. O novo jardineiro resolveu, então, dar um capricho extra no trato ao jardim, para receber dignamente a ilustre visita. Começou por arrancar as ervas daninhas, podou os arbustos de forma impecável e dedicou grande parte do dia a rastelar as folhas secas de outono, colocando-as em um saco e retirando-as do jardim. Enquanto o jovem monge trabalhava sem parar, no alpendre superior do templo, o velho monge aposentado observava o trabalho.

Quando terminou, o jovem tomou distância para admirar seu trabalho e percebeu o velho jardineiro olhando de cima. Ele sabia que seu trabalho estava impecável, não deixara uma folha seca no chão, porém, para ser gentil com o velho mestre jardineiro, disse:
- Mestre, eu me esforcei bastante para deixar o jardim encantador, porém, sinto que está faltando alguma coisa e não sei do que se trata. Qual a sua opinião, baseada na vasta experiência que o senhor tem?

- Está lindo, disse o velho monge do alpendre.
O jovem ficou cheio de orgulho ao ouvir aquele elogio, mas se fez de modesto:
- Mestre, o senhor está sendo gentil demais, por favor aponte-me a falha, para que eu possa corrigir.

- Bem, se você faz questão, ajude-me a descer pela escadaria que darei um jeito para você. Eu não queria dizer, mas está faltando algo de suma importância.

Surpreso, o jovem subiu ao alpendre e ajudou o velho monge descer vagarosamente pela escada. No jardim, o mestre caminhou para uma árvore no centro do canteiro, segurou seu tronco e sacudiu com toda força. As folhas avermelhadas caíram por toda parte, espalhadas pelo vento e forrou o jardim.
- Agora está perfeita, estamos no outono - lembrou o velho.

 
Adaptação livre de Claudio Seto
Lendas do Japão
Arquivo Nippo - Edição 286
A bela mulher do desenho
Arquivo Nippo - Edição 284
A lenda do Nobre Galo
Arquivo Nippo - Edição 282
O rei das trutas iwana
Arquivo Nippo - Edição 280
O gato assombrado de Nabeshima
Arquivo Nippo - Edição 278
Tanokyu e a serpente gigante
Arquivo Nippo - Edição 276
Anchin e Kiyohime
Arquivo Nippo - Edição 274
O legendário Hidesato
Arquivo Nippo - Edição 272
A princesa Peônia
- Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 270
A princesa Peônia
- Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 268
A tennin e o pescador
Arquivo Nippo - Edição 266
Kitsune Tokoya
Arquivo Nippo - Edição 264
A Gata Encantada
Arquivo Nippo - Edição 262
Kinuhime, a deusa da seda
Arquivo Nippo - Edição 260
Os ratos sumotoris
Arquivo Nippo - Edição 258
A origem da estrela-do-mar
Arquivo Nippo - Edição 256
O leque mágico
Arquivo Nippo - Edição 254
Guengoro e o tambor encantado
Arquivo Nippo - Edição 252
O nascimento de Zenshi no Mikoto
Arquivo Nippo - Edição 250
Toguênkyo - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 248
Toguênkyo - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 246
Warashibe Choja - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 244
Warashibe Choja - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 242
O nome da gata
Arquivo Nippo - Edição 240
O Perfeito Macaco-Rei
Arquivo Nippo - Edição 238
Cesto cheio de água
Arquivo Nippo - Edição 236
O Macaco e a Água Viva - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 234
O Macaco e a Água Viva - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 232
O Mestre da Sabedoria
Arquivo Nippo - Edição 230
Zuiten
Arquivo Nippo - Edição 228
O Dia Seguinte
Arquivo Nippo - Edição 226
A Estátua e os Macacos
Arquivo Nippo - Edição 224
O fruto da cor de ouro
Arquivo Nippo - Edição 222
Espelho de Matsuyama - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 220
Espelho de Matsuyama - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 218
Shinguen e o Egoísmo
Arquivo Nippo - Edição 216
Ki o niguiru meiso
(Meditar com o bonsai)
Arquivo Nippo - Edição 214
O bambu e a correnteza
Arquivo Nippo - Edição 212
O trovão que caiu das nuvens - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 210
O trovão que caiu das nuvens - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 208
Tudo sob controle
Arquivo Nippo - Edição 206
O guetá encantado


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2020 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados