Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Sábado, 17 de abril de 2021 - 21h31
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 
Dia Mundial de Combate ao Fumo
Os antigos japoneses da Era Edo chamavam o fumo de en-mei-gusa ou wasure-gusa
 

Fotos: Divulgação / Arquivo NB


Desde 1612, início da Era Edo, muitas ordens de proibição do fumo foram expedidas

Que o fumo prejudica a saúde, está comprovado, tanto que se desencadeou no mundo inteiro uma campanha encabeçada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de combate a esse hábito. Desde 1988, o Dia Mundial de Combate ao Fumo é celebrado anualmente em 31 de maio. Para os fumantes, a situação é de desconforto, pois são restritas as áreas onde se pode fumar, tanto em lares como em locais de trabalho. O cigarro é um problema social.

Origem no continente americano
Na segunda metade do século XV, quando Colombo descobriu a América, os europeus conheceram o fumo, recebido dos nativos como objeto de permuta. Na época, acreditou-se que o ato de fumar seria eficaz para o tratamento de doenças, e o fumo foi valorizado e divulgado como uma nova espécie de erva medicinal. A igreja, porém, considerou o fumo um pecado mortal e condenou os infratores ao inferno. Consta também que um imperador da Turquia ordenou a decepação do nariz e das orelhas dos fumantes, condenando-os ao exílio. Fumar soltando abundante fumaça pelas narinas foi considerado deselegante e houve época em que o rapé esteve na moda entre a nobreza. Nos Estados Unidos, também já houve leis que proibiram fumar em público, sem, entretanto, frear o gosto pelo cigarro.

A proibição do fumo na Era Edo
Os antigos japoneses chamavam o fumo de en-mei-gusa (erva que prolonga a vida), ou wasure-gusa (erva do esquecimento), ressaltando o fato de o fumo proporcionar o esquecimento de coisas desagradáveis. Uma versão diz que o fumo foi introduzido no Japão pelos portugueses, em meados do século XVI, mas parece merecer maior credibilidade a versão dos registros espanhóis de que, em 1599, Tokugawa Ieyasu enviou o jesuíta português Jerônimo de Castro como emissário para se encontrar com o vice-rei das Filipinas. No retorno do jesuíta, em 1601, havia entre os presentes recebidos do vice-rei o tabaco e a sua semente. Depois disso, a erva teria se difundido rapidamente em todo o país. Dizem, inclusive, que o boato de que a erva combateria a sífilis, doença trazida pelos portugueses, teria contribuído para a difusão do fumo.

Desde 1612, início da Era Edo, muitas ordens de proibição foram expedidas. Além disso, por diversas vezes, foi promulgada a lei de erradicação do cigarro, sendo proibidos não só o fumo, como também sua produção e venda, ocorrendo, em 1617, a busca e a apreensão dos cachimbos. Inicialmente, o fumo era usado picado no papel, mas, aos poucos, foi se tornando popular o fumo picado utilizado em cachimbos, a princípio consumido por samurais e, mais tarde, por habitantes urbanos, mulheres e até crianças, quando passou a ser produzido pelos feudos com finalidade lucrativa, sendo um produto agrícola com valor monetário. Na Era Meiji, em 1886, foi fundada, em Tóquio, a Associação Feminina Kyofukai, que combateu o fumo e o uso de bebidas alcoólicas; em 1894, o Ministério da Saúde expediu a ordem de proibição do fumo aos estudantes do curso primário e, desde 1987, é divulgado anualmente o Relatório Oficial sobre Cigarros, destacando seus malefícios.

Queimando impostos
Os impostos que incidem sobre o cigarro no Japão chegam ao nível estarrecedor de 60%! O total da venda de cigarros é de 2,8 trilhões de ienes, dos quais o cofre público abocanha 1,9 trilhões. Pelas estatísticas de 2002, 45,9% dos homens e 9,9% das mulheres são fumantes, sendo que a população com idade superior a 15 anos fuma, em média, 2.861 cigarros por pessoa ao ano. Do cigarro comercializado no mercado, 26,7% são de origem européia. O preço de um maço (contendo 20 cigarros) é de US$ 2,18, bem mais caro que no Brasil (US$ 0,57), mas barato em relação a outros países.

Parar de fumar traz benefícios não somente para a saúde, como também para o bolso. Se você é um fumante assíduo, pense nisso. Poderá até, de quebra, contribuir para a preservação do meio ambiente!


Arquivo NippoBrasil • Edição 259 • 26 maio a 1 de junho de 2004
Busca
Cultura Tradicional
Arquivo Nippo - Edição 281
Dia Internacional Contra a Guerra
Arquivo Nippo - Edição 277
A pintura ocidental japonesa
Arquivo Nippo - Edição 275
Casamentos e pérolas
Arquivo Nippo - Edição 273
Dia da Prevenção contra Catástrofes
Arquivo Nippo - Edição 271
História e origem do banho de ofurô
Arquivo Nippo - Edição 269
Idades do azar: descubra quais são e como é possível livrar-se delas
Arquivo Nippo - Edição 267
Okoden e missas em memória de falecidos
Arquivo Nippo - Edição 265
Tanabata e tanzaku
Arquivo Nippo - Edição 263
Tatuagem – Irezumi
Arquivo Nippo - Edição 261
Dia de Prevenção da Cárie Dentária
Arquivo Nippo - Edição 259
Dia Mundial de Combate ao Fumo
Arquivo Nippo - Edição 257
Superstições
Arquivo Nippo - Edição 255
Bushido
Arquivo Nippo - Edição 253
Orange Day
Arquivo Nippo - Edição 251
O Aniversário de Buda
Arquivo Nippo - Edição 249
Dia da proteção aos animais
Arquivo Nippo - Edição 247
Hina Ningyoo (Bonecos do Dia das Meninas)
Arquivo Nippo - Edição 245
Oyatsu: O lanche da tarde japonês
Arquivo Nippo - Edição 243
Setsubun - Omen
Arquivo Nippo - Edição 241
Otoshidama
Arquivo Nippo - Edição 239
Hatsuyume
Arquivo Nippo - Edição 237
Omamori
Arquivo Nippo - Edição 235
Susuharai e Ooharae (Limpeza geral e purificação)
Arquivo Nippo - Edição 233
Provas garantem bom empregos desde o período Edo
Arquivo Nippo - Edição 231
História dos dicionários japonês-português
Arquivo Nippo - Edição 229
Tokonoma
Arquivo Nippo - Edição 227
Cataratas no Japão
Arquivo Nippo - Edição 225
Osekihan nas festividades
Arquivo Nippo - Edição 223
A Festa do Crisântemo
Arquivo Nippo - Edição 221
O Missô na alimentação japonesa
Arquivo Nippo - Edição 219
Miyamoto Musashi
Arquivo Nippo - Edição 217
Yukata
Arquivo Nippo - Edição 215
Gionmatsuri
Arquivo Nippo - Edição 213
Onsen (termas)
Arquivo Nippo - Edição 211
Kyuudoo, a arte do arco e flecha
Arquivo Nippo - Edição 209
Hoogaku: Música tradicional japonesa
Arquivo Nippo - Edição 207
Hinagata
Arquivo Nippo - Edição 205
Karesansui - O Jardim Japonês sem Água


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2021 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados