Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Sábado, 18 de novembro de 2017 - 17h27
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


 
Ninja

Fotos: Divulgação / Arquivo NB

O ESPIÃO DAS
ÉPOCAS ANTIGAS
Em todas as épocas, a obtenção de informações é de suma importância para a conquista mundial, tanto no setor político quanto econômico. Atualmente, as pessoas de uma forma geral têm acesso a informações necessárias dos órgãos governamentais e civis do mundo inteiro, por meio do computador. Entretanto, as informações sigilosas não são obtidas com tanta facilidade. Nessas horas é que entram em ação os espiões (versões atualizadas do ninja) . São intensas as atividades de órgãos mundialmente conhecidos como a KGB, da extinta União Soviética, ou o FBI, dos Estados Unidos, além da atividade de espionagem que funciona no mundo da indústria produtiva.

IGAMONO/ KOGAMONO
Os ninjas (também chamados de shinobinomono ou onmitsu) infiltravam-se nos outros reinos, averiguavam a sua situação e estruturação, relatando-as ao seu reino de origem ou ainda assassinavam importantes personalidades políticas, incendiavam, provocavam tumultos na sociedade, etc. Portanto, ao mesmo tempo em que o homem estrutura a sociedade, passam a existir funções dessa natureza. Originaram-se na China, chegando ao Japão juntamente com a transmissão do budismo. Os ninjas se tornaram mais ativos a partir da metade do século 16, durante o período das guerras civis. Esse período é marcado pela desordem política, com o sistema feudal em crise, passando a existir agricultores que, saindo do sistema de castas, começavam a gozar de poderes políticos.

Especialmente os samurais regionais de Iga (atual província de Mie) e Koga, em Oumi (atual província de Shiga), autodenominaram-se como nobushi (agricultores armados), formando bandos para praticarem roubos noturnos e assaltos. Durante o período das guerras civis, daimiôs de todo o país contrataram-nos para se utilizarem de suas técnicas de ninjutsu (arte marcial de espionagem dos ninjas). Estes ninjas foram chamados de Igamono e kogamono. Inclusive na ocasião da chegada da frota americana de Perry no século 19, dizem que os ninjas trabalharam fazendo espionagens de reconhecimento detalhado.

NINJUTSU
As técnicas utilizadas foram divididas em estilo Iga (Igaryu) e estilo Koga (Kogaryu). Dizem que a origem de suas artes estão na escritura “sonshi”, da China, um livro de ciência militar. Partindo da arte de treinar a sabedoria, a mente e o corpo, utilizavam-se da arte de disfarce, tornavam-se invisíveis (escondiam-se com habilidade), aproveitavam-se do descuido das pessoas, armavam estratagemas, agiam de forma ousada e com agilidade e leveza para atingir seus objetivos. Entre seus instrumentos havia flecha com pólvora (para provocar incêndios), shuriken (navalhas de arremesso) de vários tipos, etc. Além disso, possuíam leveza para se locomover sobre os muros e telhados, habilidade para permanecer debaixo d’água por longas horas, técnicas de assassinar pelo teto ou por debaixo do piso, etc. Suas vestes eram de cor azul escura, pois se fossem totalmente pretas destacavam-se à luz do luar. Eram essas também as vestes de trabalho dos agricultores.

OS CINCO ELEMENTOS
Eram-lhe exigidos além do corpo, uma mente também forte. O chinês Nei Ching diz que a madeira, o fogo, a terra, o ar e a água são os elementos básicos fundamentais que cercam este planeta. Segundo ele, “O Fogo cria a Terra (cinzas), que cria o ar (fumaça), que cria a Água (condensação), que cria a Madeira (vida), que cria o Fogo (energia). Este é o ciclo da criação. A Madeira destrói a Terra (cobrindo-a), o Fogo destrói o Ar (pela combustão), a Terra destrói a Água (pela absorção), o Ar destrói a Madeira (pela asfixia), a Água destrói o Fogo (apagando-o). Este é o ciclo da destruição, o Ying e o Yang da Natureza, a inevitável lei da Mudança”. É uma importante forma de pensar dentro de ninjutsu. Seu peso corporal não podia ultrapassar 60 quilos, respeitavam uma rigorosa dieta, semelhante às dietas modernas, em que não ingeriam carne. Mantinham um corpo e uma mente afiadíssimos.


Arquivo NippoBrasil - Edição 149 - 3 a 16 de abril de 2002
Busca
Cultura Tradicional
Arquivo Nippo - Edição 149
Ninja
Arquivo Nippo - Edição 147
Os sons dos insetos
Arquivo Nippo - Edição 145
Kanban (Letreiros das casas comerciais)
Arquivo Nippo - Edição 143
Otearai, toalete
Arquivo Nippo - Edição 141
Myoji - Sobrenome Japonês
Arquivo Nippo - Edição 139
Saquê, bebida milenar
Arquivo Nippo - Edição 137
Seijinshiki, a Cerimônia da Maioridade
Arquivo Nippo - Edição 135
Oshogatsu - Ano Novo
Arquivo Nippo - Edição 133
Festival dos Guerreiros de Akoo
Arquivo Nippo - Edição 131
Livros japoneses
Arquivo Nippo - Edição 129
Ryokan, hospedaria estilo japonês
Arquivo Nippo - Edição 127
Yookai: Monstros e fantasmas
Arquivo Nippo - Edição 125
Kodo - A arte de apreciar fragrâncias
Arquivo Nippo - Edição 123
Noshi - Mizuhiki
Arquivo Nippo - Edição 121
Nihon Buyou
Arquivo Nippo - Edição 119
Hashi
Arquivo Nippo - Edição 117
Karakuri Ningyou
Arquivo Nippo - Edição 115
Dia do Boi
Arquivo Nippo - Edição 113
Hinomaru
Arquivo Nippo - Edição 111
Origami: dobradura de papel
Arquivo Nippo - Edição 109
Parto
Arquivo Nippo - Edição 107
Nakoudo
Arquivo Nippo - Edição 107
Mushiba Yobou Day - Dia da Prevenção das Cáries
Arquivo Nippo - Edição 106
Amagasa
Arquivo Nippo - Edição 105
Ukai: uma boa pescaria
Arquivo Nippo - Edição 104
Cães de raças japonesas
Arquivo Nippo - Edição 103
Aoi Matsuri em Quioto
Arquivo Nippo - Edição 101
1º de maio - Dia do Trabalho
Arquivo Nippo - Edição 100
Enka
Arquivo Nippo - Edição 100
Os vários penteados ao longo dos séculos - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 99
Os vários penteados ao longo dos séculos - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 99
Dia do Livro
Arquivo Nippo - Edição 98
Geta: Simbolismo aos seus pés
Arquivo Nippo - Edição 98
Casas Japonesas

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

113 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases