Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 - 18h35
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 072 - 28 de setembro a 4 de outubro de 2000
 
Senkyo (Eleição)

(Fotos: Reprodução / Divulgação)

No dia 1º de outubro, ocorre em todo o Brasil a eleição de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Nessa reta final, observa-se um número muito grande de cartazes pelas ruas da cidade. Nesse período, as gráficas lucram como nunca. Na TV, são exibidas as propagandas eleitorais.

No Japão, a eleição dos governadores e deputados de cada província é conhecido como Chihou Senkyo (eleição provincial). Por outro lado, a eleição dos membros da câmara dos deputados e senadores do Congresso é conhecido como Kokusei Senkyo (eleição nacional). O povo japonês adquire o título eleitoral a partir de 20 anos. Entretanto, para concorrer ao cargo de deputado, é preciso ter, no mínimo, 25 anos. Para o Senado, 30 anos.

O atual sistema eleitoral japonês foi promulgado em março de 1994. Nele, o distrito eleitoral é dividido em 300 pequenos distritos, além de 200 distritos de representação proporcional. Os eleitores votam no candidato no pequeno distrito eleitoral e no partido no distrito de representação proporcional.

Uma grande diferença da eleição provincial entre o Japão e o Brasil é o número de partidos. Por aqui, pipocam os chamados partidos nanicos. No Japão, para evitar o excesso de candidatos, os partidos são obrigados a depositar 3 milhões de ienes por candidato do pequeno distrito eleitoral e 6 milhões por candidato do distrito de representação proporcional.

Esse dinheiro é depositado no tesouro nacional no caso em que essas instituições não completem determinadas condições. Por outro lado, no Brasil todos cidadãos acima de 18 anos são obrigados a votar. No arquipélago, votar é facultativo.

Entretanto, para conseguir recursos eleitorais, as dificuldades entre os dois países são praticamente as mesmas. Para os candidatos se elegerem no Japão, há três requisitos necessários, Jiban, Kanban e Kaban. A palavra Jiban representa a estreita ligação entre candidato e sociedade provincial. A Kanban representa grau de notoriedade dos candidatos e Kaban significa dinheiro.

A faixa e luva branca são os artigos indispensáveis na campanha eleitoral do Japão. Os candidatos as usam para identificá-los. A faixa faz referências ao nome do candidato. A luva, ao partido. A luva branca também representa a pureza. Em tese, quem a usa nunca seria um corrupto. O carro da campanha eleitoral percorre a cidade inteira fazendo propaganda do candidato pelo alto falante. Antigamente tocavam-se repetidamente o nome dos candidatos. Mas hoje, esse modo de propaganda foi proibido. Também é admitido colar cartazes apenas num determinado lugar.

Além disso, os candidatos não podem visitar pessoas e pedir votos. Também os eleitores sempre têm o boneco conhecido como Daruma e pintam apenas um de seus olhos quando eles se candidatam e pintam o outro olho como sinal de gratidão quando eles são eleitos.

 

*Esta página foi elaborada pelos professores da Aliança Cultural Brasil-Japão,
especialmente para o NIPPO-BRASIL.
Busca
Cultura Tradicional
Arquivo Nippo - Edição 329
O suicídio antes e depois da internet
Arquivo Nippo - Edição 327
A história do ensino da língua japonesa no exterior
Arquivo Nippo - Edição 325
Cerimônias de casamento ontem e hoje
Arquivo Nippo - Edição 323
Pet shops
Arquivo Nippo - Edição 321
O monumento da “criança e a bomba atômica”
Arquivo Nippo - Edição 319
Bon-odori
Arquivo Nippo - Edição 317
As características das mulheres por província
Arquivo Nippo - Edição 315
Tanabata Matsuri – O Festival das Estrelas
Arquivo Nippo - Edição 313
Museu em Yokohama apresenta a história dos japoneses no exterior
Arquivo Nippo - Edição 311
Minamoto-no-Yoshitsune
Arquivo Nippo - Edição 309
O taikô japonês
Arquivo Nippo - Edição 307
Festejos e tradições de Tango no Sekku
Arquivo Nippo - Edição 305
A Golden Week e as viagens
Arquivo Nippo - Edição 301
A cerimônia de formatura e o uso do hakama como traje oficial
Arquivo Nippo - Edição 299
Abertura dos portos – um passo em direção à sociedade internacional
Arquivo Nippo - Edição 297
Hinamatsuri
Arquivo Nippo - Edição 295
Setsubun marca mudança de estação
Arquivo Nippo - Edição 293
Kagamibiraki
Arquivo Nippo - Edição 290
Joya-no-kane: O bater dos sinos na passagem do ano
Arquivo Nippo - Edição 287
As sete divindades da felicidade (Shichifukujin)
Arquivo Nippo - Edição 285
Dia do shogui
Arquivo Nippo - Edição 283
Chushingura
Arquivo Nippo - Edição 281
Dia Internacional Contra a Guerra
Arquivo Nippo - Edição 277
A pintura ocidental japonesa
Arquivo Nippo - Edição 275
Casamentos e pérolas
Arquivo Nippo - Edição 273
Dia da Prevenção contra Catástrofes
Arquivo Nippo - Edição 271
História e origem do banho de ofurô
Arquivo Nippo - Edição 269
Idades do azar: descubra quais são e como é possível livrar-se delas
Arquivo Nippo - Edição 267
Okoden e missas em memória de falecidos
Arquivo Nippo - Edição 265
Tanabata e tanzaku
Arquivo Nippo - Edição 263
Tatuagem – Irezumi


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2022 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados