Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 - 17h54
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 047 - 7 a 13 de abril de 2000
 
Hanamatsuri
 

(Fotos: Reprodução / Divulgação)

O Hanamatsuri, festa das flores, é o nome popular que se dá para o Kanbutsue, um evento comemorativo ao nascimento de Shaka, que após atingir a iluminação tornou-se Buda. Nessa festa, comemorada no dia 8 de abril, constrói-se um santuário decorado com flores, no qual é depositada a estátua de Shaka. Os visitantes rezam e jogam chá adocicado sobre a escultura dele.

Bukkyô (Budismo)
O Bukkyô (Budismo) é uma das três maiores religiões do mundo. Segundo o Budismo, a existência humana é caracterizada pela mutabilidade, angústia e distanciamento de si próprio. A angústia nasce porque o homem deseja algo imutável em uma sociedade mutável.

De acordo com a doutrina budista, o ser humano atinge a iluminação (verdade) e chega ao estado de tranqüilidade eterna (Nehan) através da vida justa baseada na disciplina. Esse é o ideal do Budismo. Quem quiser participar de um Hanamatsuri tem a oportunidade de assistir um desfile com a estátua de Shaka, orientado por budistas nikkeis, em São Paulo, no dia 8 de abril, na Praça da Liberdade.

Oshaka-sama, Hotoke-sama
Shaka foi o fundador do Budismo. O nome dele provém da abreviação de Shakamuni, cujo significado queria dizer Santa da tribo Shaka. (Shaka era o nome de uma tribo. Já Muni significa Santa). Shaka também pode ser chamado de Shaka-botoke, Shakuson ou Gôdama-botoke.

Há muitas versões sobre o dia da morte de Shaka. Alguns pesquisadores acreditam que ele tenha morrido no século 4. Outros aventam a hipótese de que ele tenha falecido no século 6. No Japão, acredita-se que Shaka tenha nascido em a.C.560 e morrido por volta de a.C 480. Ele teria vindo ao mundo como o príncipe da tribo Shaka, cujo domínio do seu reinado se estenderia do Nepal à Índia. O pai dele chamava-se Suddhodana e a mãe Maya. Maya morreu depois de 7 dias do nascimento de Shaka.

Desde criança, Buda mostrava-se muito inteligente, destacando-se nos estudos e na prática de artes marciais. Possuía um caráter introspectivo e freqüentemente entrava em meditação profunda.

Shaka casou-se e teve um filho. Quando completou 29 anos, cansado das mudanças rápidas com que o mundo se transformava, abandonou seu lar. Mesmo agüentando seis anos de privação, não conseguiu fazer com que seu espírito se tranqüilizasse e atingisse a iluminação. Com 35 anos de idade, no entanto, esse objetivo foi alcançado e Shaka tornou-se Buda. Depois disso, ele percorreu, até os 80 anos, todo o país e pregou sua doutrina para qualquer pessoa sem distinção, fossem elas pobres, de boa índole ou de mau caráter.

 
 

*Esta página foi elaborada pelos professores da Aliança Cultural Brasil-Japão,
especialmente para o NIPPO-BRASIL.
Busca
Cultura Tradicional
Arquivo Nippo - Edição 329
O suicídio antes e depois da internet
Arquivo Nippo - Edição 327
A história do ensino da língua japonesa no exterior
Arquivo Nippo - Edição 325
Cerimônias de casamento ontem e hoje
Arquivo Nippo - Edição 323
Pet shops
Arquivo Nippo - Edição 321
O monumento da “criança e a bomba atômica”
Arquivo Nippo - Edição 319
Bon-odori
Arquivo Nippo - Edição 317
As características das mulheres por província
Arquivo Nippo - Edição 315
Tanabata Matsuri – O Festival das Estrelas
Arquivo Nippo - Edição 313
Museu em Yokohama apresenta a história dos japoneses no exterior
Arquivo Nippo - Edição 311
Minamoto-no-Yoshitsune
Arquivo Nippo - Edição 309
O taikô japonês
Arquivo Nippo - Edição 307
Festejos e tradições de Tango no Sekku
Arquivo Nippo - Edição 305
A Golden Week e as viagens
Arquivo Nippo - Edição 301
A cerimônia de formatura e o uso do hakama como traje oficial
Arquivo Nippo - Edição 299
Abertura dos portos – um passo em direção à sociedade internacional
Arquivo Nippo - Edição 297
Hinamatsuri
Arquivo Nippo - Edição 295
Setsubun marca mudança de estação
Arquivo Nippo - Edição 293
Kagamibiraki
Arquivo Nippo - Edição 290
Joya-no-kane: O bater dos sinos na passagem do ano
Arquivo Nippo - Edição 287
As sete divindades da felicidade (Shichifukujin)
Arquivo Nippo - Edição 285
Dia do shogui
Arquivo Nippo - Edição 283
Chushingura
Arquivo Nippo - Edição 281
Dia Internacional Contra a Guerra
Arquivo Nippo - Edição 277
A pintura ocidental japonesa
Arquivo Nippo - Edição 275
Casamentos e pérolas
Arquivo Nippo - Edição 273
Dia da Prevenção contra Catástrofes
Arquivo Nippo - Edição 271
História e origem do banho de ofurô
Arquivo Nippo - Edição 269
Idades do azar: descubra quais são e como é possível livrar-se delas
Arquivo Nippo - Edição 267
Okoden e missas em memória de falecidos
Arquivo Nippo - Edição 265
Tanabata e tanzaku
Arquivo Nippo - Edição 263
Tatuagem – Irezumi


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2022 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados