Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Sábado, 24 de fevereiro de 2024 - 2h21
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 017 - 3 a 9 de setembro de 1999
 
Percorra a trajetória da indústria automobilística japonesa
Como numa corrida de F1, o setor sofreu imprevistos de
percurso principalmente nos períodos próximos à Segunda Guerra Mundial
até ser um dos gigantes mundiais na produção de veículos

(Fotos: Reprodução)

Em todo o mundo, carro japonês é cobiçado e tem pelo menos sinônimo de status e tecnologia de ponta. Mas até conquistar sua popularidade, o segmento de veículos teve de superar dificuldades deixadas pela Segunda Guerra Mundial e recuperar o tempo perdido. Foi por volta de 1910 que os primeiros carros movidos à gasolina surgiram timidamente no Japão. Antes deles, dizem que somente em 1902 produziu-se um carro de baixa potência. Acompanhe, a seguir, as principais datas que marcaram o desenvolvimento da indústria automotiva japonesa.

 
Década de 30
• 1931 foi o período de maior avanço, quando o precursor da atual Nissan Motor Co.Ltd, produziu o primeiro veículo de passageiros Datsun. Apenas 800 destes carros foram montados mensalmente, entre 1937 e 1938. Em 1935, o primeiro carro para passageiros foi montado pela Toyota e, um ano mais tarde, surgia o modelo Toyota Modelo AA Sedan.

Década de 40
• Em 1945, houve a paralização da indústria automobilística como conseqüência da guerra. Dois anos mais tarde, a retomada da produção chegou a apenas 300 veículos. No mesmo ano de 47, a Nissan produz a Datsun DA, e a Toyota, a Toyota SA.

Década de 50
• Os laços firmados em 1952 entre Nissan e as companhias Renault, Austin, Hino, Isuzu e Hillman permitiram que as firmas japonesas estudassem uma tecnologia de produção estrangeira. Em 1954, a primeira feira Tokyo Motor Show acontecia em Hibiya Park.
• 1955 foi um dos grandes anos no setor. A Toyota apresenta o seu Toyopet Crown, e a Nissan, seu Datsun 110. Os dois representaram os primeiros modelos pós-guerra construídos em escala maior.
• Em 1957, a Toyota introduz no mercado o Corona, e ainda exporta dois Toyota Crown para os Estados Unidos. Eles foram os primeiros a serem exportados aos norte-americanos depois da guerra. Dois anos depois, o Bluebird, da Nissan, consegue atingir uma marca fenomenal de vendas do produto.

Década de 60
• Entre os principais acontecimentos, o ano marcou o início da produção de veículos de passeio devido incentivos do Ministério Internacional de Negócios e Indústria. A Toyota lança então o Publica em 1961. Em 63, no mesmo ano em que a Honda lança o primeiro carro esportivo (Sport S500), acontecia o primeiro Grand Prix do Japão, no circuito de Suzuka. A abertura da primeira rodovia expressa, em 65, levou as empresas automobilísticas a produzirem carros de alta performance. No ano seguinte, surgia o Subaru 1000. A era de veículos para família surgiu no mesmo ano, através da Nissan. Em 67, o número de carros no Japão ultrapassa 10 milhões e os congestionamentos começam a ser problema.

Década de 70
• Fumaça e poluição tornam-se os principais problemas em Tóquio, causados pelos veículos automotores. Por causa disso, a Honda desenvolve, em 71, um motor com baixa emissão de poluentes para estar de acordo com a legislação. Em 73, as empresas de veículos automotores também enfrentaram a crise do petróleo que forçou os postos de combustíveis no Japão a fecharem aos domingos. Somente em 78, o país tornou-se o mais rigoroso no mundo no controle de emissões poluentes. No mesmo ano, as tarifas de importação sobre carros estrangeiros são abolidas. Logo em 79, as exportações automobilísticas da Toyota ultrapassam a marca dos dez milhões.

Década de 80
• As montadoras japonesas restringiram voluntariamente as exportações aos Estados Unidos e sua produção também superou a dos norte-americanos, tornando-se o líder no ranking mundial dentro do setor. Já em 86, a Nissan abre sua primeira fábrica no Reino Unido, em 88, a primeira série da produção americana do Honda Accords é exportada para o Japão.

Década de 90
• Atendendo aos avanços da sociedade moderna, a Honda inicia uma produção volumosa do primeiro carro esportivo de luxo do mundo, com o corpo todo em alumínio: o Honda NSX. A Mitsubishi também traz ao mercado um modelo off-road, conquistando um novo público.
Ainda na mesma década, pesquisas sobre as alternativas do uso de energia como hidrogênio, eletricidade e metanol se intensificaram. As montadoras em busca de tecnologia de ponta já adaptaram satélites no sistema de navegação eletrônico. Nos dias de hoje, as principais indústrias automobilísticas tentam aperfeiçoar cada vez mais equipamentos, motores e projetos e realizam mega-eventos para mostrar ao público, o que há de mais moderno quando se trata de veículo automotor: desde potência a designs arrojados.

Busca
Cultura Tradicional
Arquivo Nippo - Edição 329
O suicídio antes e depois da internet
Arquivo Nippo - Edição 327
A história do ensino da língua japonesa no exterior
Arquivo Nippo - Edição 325
Cerimônias de casamento ontem e hoje
Arquivo Nippo - Edição 323
Pet shops
Arquivo Nippo - Edição 321
O monumento da “criança e a bomba atômica”
Arquivo Nippo - Edição 319
Bon-odori
Arquivo Nippo - Edição 317
As características das mulheres por província
Arquivo Nippo - Edição 315
Tanabata Matsuri – O Festival das Estrelas
Arquivo Nippo - Edição 313
Museu em Yokohama apresenta a história dos japoneses no exterior
Arquivo Nippo - Edição 311
Minamoto-no-Yoshitsune
Arquivo Nippo - Edição 309
O taikô japonês
Arquivo Nippo - Edição 307
Festejos e tradições de Tango no Sekku
Arquivo Nippo - Edição 305
A Golden Week e as viagens
Arquivo Nippo - Edição 301
A cerimônia de formatura e o uso do hakama como traje oficial
Arquivo Nippo - Edição 299
Abertura dos portos – um passo em direção à sociedade internacional
Arquivo Nippo - Edição 297
Hinamatsuri
Arquivo Nippo - Edição 295
Setsubun marca mudança de estação
Arquivo Nippo - Edição 293
Kagamibiraki
Arquivo Nippo - Edição 290
Joya-no-kane: O bater dos sinos na passagem do ano
Arquivo Nippo - Edição 287
As sete divindades da felicidade (Shichifukujin)
Arquivo Nippo - Edição 285
Dia do shogui
Arquivo Nippo - Edição 283
Chushingura
Arquivo Nippo - Edição 281
Dia Internacional Contra a Guerra
Arquivo Nippo - Edição 277
A pintura ocidental japonesa
Arquivo Nippo - Edição 275
Casamentos e pérolas
Arquivo Nippo - Edição 273
Dia da Prevenção contra Catástrofes
Arquivo Nippo - Edição 271
História e origem do banho de ofurô
Arquivo Nippo - Edição 269
Idades do azar: descubra quais são e como é possível livrar-se delas
Arquivo Nippo - Edição 267
Okoden e missas em memória de falecidos
Arquivo Nippo - Edição 265
Tanabata e tanzaku
Arquivo Nippo - Edição 263
Tatuagem – Irezumi


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2022 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados