Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Domingo, 30 de abril de 2017 - 3h56
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Arquivo NippoBrasil - Edição 069 - 7 a 13 de setembro de 2000
 
Tai Chi Chuan - Arte Marcial da Longevidade

Passo do Arqueiro
A execução lenta e cadenciada elimina o stress
 

História
O Tai Chi Chuan da família Yang é o estilo mais popular do mundo. Foi criado pelo mestre Yang Fu Kui há dois séculos. O estilo foi um aperfeiçoamento do Tai Chi estilo Chen, que era mais voltado ao combate. O estilo Yang de Tai Chi tem um ritmo lento e harmonioso e os movimentos fluem continuamente de um para o outro sem interrupções. Isto é o que o difere do estilo Chen, que por sua vez realiza mudanças de velocidade súbitas, aplicando força explosiva em seus movimentos.

Percebendo este detalhe, Yang saiu pela China ensinando um Tai Chi com movimentos curtos, rítmicos e suaves, tirando alguns golpes que necessitavam de excessivo vigor. Assim, o Yang Tai Chi Chuan transformou-se em uma ginástica para a saúde, ideal para crianças e idosos sem limite de idade. Após a morte do mestre Yang, seus filhos prosseguiram na difusão da arte e atualmente o Tai Chi estilo Yang é o mais praticado no mundo todo. Os estilos Chen e Sun são mais conhecidos na China e Taiwan e versões condensadas são amplamente aceitas e praticadas diariamente nos parques públicos de Pequim.

O Tai Chi Chuan foi trazido ao país em 1978 pelo Prof. Roque Enrique Severino e Maria Ângela Soci, os pioneiros do Tai Chi Chuan da família Yang no Brasil.

O método utilizado pelo mestre Yang Zhenduo com sua aluna Maria Ângela foi o mais tradicional dentro da linhagem. Ela fez aulas particulares no jardim três horas pela manhã, três horas pela tarde, além dos treinos corretivos, tarefas e exercícios que eram praticadas e estudados nas horas intermediárias com instrução direta.

Filosofia
Tai Chi significa O Supremo. Este termo relaciona-se com a religião taoísta e confucionista chinesa e moldou toda a cultura oriental na sua forma de pensar e agir. Suas influências e princípios se estenderam por todas as artes marciais chinesas que foram mais tarde assimiladas por outros povos.

O símbolo conhecido universalmente por Yin, o poder negativo (repouso) e do Yang, o poder positivo (ação), demonstram a teoria da inter-relação de forças construtivas e destrutivas que faz com que a essência da vida se materialize, e que o mundo material se manifeste. E os movimentos espiralados derivados destas duas forças parecem infinitos, estando representados na natureza e no universo, tais como o ciclo das estações, a rotação dos planetas em torno de si e do sol, as cadeias espiralíticas do DNA e o fluxo e refluxo das marés, sem citar as maiores invenções humanas que vão da roda e culminaram na divisão do átomo. A partir da observação desse fenômeno natural é que o Tai Chi se baseia para garantir saúde, bem-estar e conseqüentemente armazenar energia vital com o intuito de prolongar a vida. Os antigos mestres de Tai Chi são um exemplo vivo desta filosofia prática e são raros os que não ultrapassam a casa dos 90 anos em plena forma física e mental.

Forma e Movimentos
A maioria dos movimentos podem ser usados na defesa pessoal. Porém, esta aplicação marcial, baseada no ataque a pontos vitais, deverá ser bem orientada para não acarretar problemas graves de saúde ao praticante. Nesse estágio são intensamente praticados os exercícios de Chi Kung (cultivo da energia e respiração), para reforçarem integralmente o praticante.


• Tocando harpa • Garça Branca abrindo as asas •
Budô
Arquivo Nippo - Edição 88
Boxe - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 87
Boxe - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 86
Kenpo Havaiano
Arquivo Nippo - Edição 85
Capoeira
Arquivo Nippo - Edição 84
Muay Thai: boxe tailandês
Arquivo Nippo - Edição 83
Shao Lin do Norte
Arquivo Nippo - Edição 82
Garra de Águia: um dos mais temidos estilos do Kung Fu
Arquivo Nippo - Edição 81
Louva-a-Deus do Norte: Sistema Tradicional de Kung Fu Chinês
Arquivo Nippo - Edição 80
Seiwakai: Karatê de Combate
Arquivo Nippo - Edição 79
Hung Gar: O sistema marcial da Família Hung
Arquivo Nippo - Edição 78
Kung Fu: Artes marciais chinesas do Templo Shao Lin
Arquivo Nippo - Edição 77
Krav Maga: defesa pessoal israelense
Arquivo Nippo - Edição 76
Ninjutsu: arte marcial dos ninjas
Arquivo Nippo - Edição 75
Savate: boxe francês
Arquivo Nippo - Edição 74
Jojutsu: técnica japonesa de luta com bastão
Arquivo Nippo - Edição 73
Kombato: arte militar de defesa pessoal
Arquivo Nippo - Edição 72
Qwan Ki Do: arte marcial vietnamita
Arquivo Nippo - Edição 71
Naguinata: arte marcial japonesa criada na idade média
Arquivo Nippo - Edição 70
Hapkidô: arte marcial coreana especializada em defesa pessoal
Arquivo Nippo - Edição 69
Tai Chi Chuan - Arte Marcial da Longevidade
Arquivo Nippo - Edição 68
Karatê - Seido Juku
Arquivo Nippo - Edição 67
Karatê - Shorin-Ryu
Arquivo Nippo - Edição 66
Karatê - Kyokushin
Arquivo Nippo - Edição 65
Karatê - Goju Ryu
Arquivo Nippo - Edição 64
Karatê - Shotokan
Arquivo Nippo - Edição 63
Karatê - Shito Ryu
Arquivo Nippo - Edição 62
Karatê - Wadô-Kai
Arquivo Nippo - Edição 60
Jiu-Jitsu
O estilo da família Gracie
Arquivo Nippo - Edição 59
Sumô
Arquivo Nippo - Edição 58
Ving Tsun
Arquivo Nippo - Edição 57
Iaido
Arquivo Nippo - Edição 56
Taekwondo
Arquivo Nippo - Edição 55
Judô
Arquivo Nippo - Edição 54
Aikido

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

71 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases