Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Terça-feira, 17 de maio de 2022 - 23h59
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 
Foz do Iguaçu: Turimo Ecológico
Parque Nacional de Iguaçu já foi reconhecido e tombado pela Unesco como patrimônio da humanidade em 1986; o trabalho de preservação é contínuo no local

 

(Arquivo Jornal NippoBrasil)


NATUREZA - Preservação bem-sucedida da fauna e da flora

Foz do Iguaçu é um dos municípios mais populosos do Estado do Paraná, com cerca de 280 mil pessoas. Uma de suas mais famosas atrações é o Parque Nacional de Iguaçu, localizado na fronteira com a Argentina, tombado como patrimônio histórico da humanidade em 1986, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A 40 quilômetros dali, na fronteira com o Paraguai, está situada a hidrelétrica de Itaipu, a maior do planeta. Apenas essas informações bastam para explicar porque Foz do Iguaçu tem fama internacional.

O bem-sucedido trabalho realizado para preservação da fauna e da flora locais deu à região o status de um dos pontos mais procurados pelos turistas que viajam em busca de tranqüilidade. Estes encontram ao seu dispor uma invejável rede hoteleira, que completa o binômio lazer–conforto, oferecido por toda boa opção turística. Segundo a Embratur e o Ibama, órgãos governamentais responsáveis pelo turismo e a preservação ambiental, todos os anos cerca de 1 milhão de pessoas de várias partes do mundo viajam para Foz do Iguaçu.

O principal interesse para grande parte dos turistas é ver o espetáculo das famosas cataratas locais. E não é para menos: são 275 quedas d’água com alturas variando entre 60 e 90 metros de altura. São várias as alternativas para apreciá-las. Os turistas podem optar por acompanhar tudo de dentro de um dos ônibus panorâmicos com trajetos cuja velocidade não ultrapassa os 50 km/h, mas há quem prefira as plataformas de observação, e os mais aventureiros podem aproveitar barcos, botes ou helicópteros e acompanhar as cataratas mais de perto, com coletes salva-vidas e a companhia de guias especializados.

A localidade, no entanto, tem várias outras atrações para os turistas. A seguir, acompanhe algumas delas.


PROXIMIDADE - As cataratas e o Grande Hotel, no Parque Nacional do Iguaçu


ATRAÇÃO - Passeio de jipe pela floresta


Alguns pontos turísticos

• Ecomuseu
O Ecomuseu é uma iniciativa inédita no gênero na América Latina. Com 1200 m2, o local é responsável pelo desenvolvimento de conceitos de educação ambiental em Foz do Iguaçu e representa a ligação homem, sua obra e meio ambiente da área de abrangência do reservatório de Itaipu.

• Terminal Turístico de Três Lagoas
Popularmente conhecido como “Prainha de Três Lagoas”, este espaço de lazer a 20 km de Foz do Iguaçu permite o aproveitamento do potencial turístico do Lago de Itaipu, com área verde para camping, pedalinhos, ciclovia, churrasqueiras cobertas, mirante, etc.

• Ponte Internacional da Amizade
Inaugurada em 1965, a Ponte da Amizade foi o primeiro passo para romper limitações de acesso entre Brasil e Paraguai. Sua construção foi fator decisivo de atração de investimentos para os dois países. Para Foz do Iguaçu, significou o surgimento de um forte comércio de exportação; para a cidade paraguaia de Ciudad del Este, sua ascenção a segundo maior centro urbano daquele país.

• Marco das Três Fronteiras
Construído com pedra e cimento e pintado com as cores nacionais, o Marco é um dos vértices de um triângulo equilátero que marca o encontro das fronteiras de Brasil, Argentina e Paraguai. Do local, que possui estacionamento, playground, lanchonete e mirante, é possível ver os três Marcos, nas fronteiras dos três países, além do encontro das águas dos Rios Paraná e Iguaçu.

• Pesca esportiva
Praticada fora do período da piracema (novembro a fevereiro), a pesca esportiva é uma importante atração local, já que os Rios Iguaçu e Paraná oferecem boas condições para a atividade. Todos os anos, é realizada a Prova Aberta Internacional de Pesca ao Dourado, no Rio Paraná, e o Concurso do Dourado Assado, um importante festival gastronômico em torno de um prato típico da região.

• Aquamania
Parque aquático aberto ao público durante a temporada de verão, com ampla estrutura de lazer que inclui piscinas, tobogãs, rio lento para navegação com bóias, área infantil, além de lanchonete, loja de conveniência e estacionamento.


Arquivo NippoBrasil - Edição 299 - 9 a 15 de março de 2005
 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 299
• Foz do Iguaçu: Turimo Ecológico
Arquivo NippoBrasil - Edição 297
• Espirito Santo: Tradições culturais e gastronomia típica no Sudeste do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 294
• Bucolismo e riqueza cultural em Santana de Parnaíba
Arquivo NippoBrasil - Edição 293
• Guaratuba e Ilha do Mel: natureza e história no Sul do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 291
• As melhores praias do Brasil - Parte 2
Arquivo NippoBrasil - Edição 290
• As melhores praias do Brasil - Parte 1
Arquivo NippoBrasil - Edição 288
• Brasília: muito além da política
Arquivo NippoBrasil - Edição 287
• Fernando de Noronha: o paraíso é aqui!
Arquivo NippoBrasil - Edição 286
• Fortaleza: 300 anos de história
Arquivo NippoBrasil - Edição 283
• Cabo Frio, cidade das cores
Arquivo NippoBrasil - Edição 282
• Turismo para relaxar no feriado
Arquivo NippoBrasil - Edição 281
• Cunha e Bananal: história e ecologia no interior de São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 278
• É tempo de festa em Santa Catarina!
Arquivo NippoBrasil - Edição 277
• Curitiba: turismo com qualidade de vida
Arquivo NippoBrasil - Edição 275
• Serras Gaúchas: turismo europeu - Parte 2
Arquivo NippoBrasil - Edição 274
• Serras Gaúchas: turismo europeu - Parte 1
Arquivo NippoBrasil - Edição 273
• Uma viagem histórica por Minas Gerais - Parte 2
Arquivo NippoBrasil - Edição 272
• Uma viagem histórica por Minas Gerais - Parte 1
Arquivo NippoBrasil - Edição 271
• Paraty
Arquivo NippoBrasil - Edição 269
• Petrópolis, cidade imperial
Arquivo NippoBrasil - Edição 268
• Caxambu: raízes indígenas e africanas
Arquivo NippoBrasil - Edição 266
• Campo Grande, Cidade Morena
Arquivo NippoBrasil - Edição 265
• Paranapiacaba: atrações a céu aberto
Arquivo NippoBrasil - Edição 264
• Campos do Jordão: Um pedaço da Europa no Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 263
• Araxá: “onde primeiro se avista o sol”
Arquivo NippoBrasil - Edição 262
• Águas de São Pedro: beleza natural bem próxima a São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 260
• Poços de Caldas, MG - Tudo começou com a água...
Arquivo NippoBrasil - Edição 259
• Búzios é atração no litoral norte do RJ
Arquivo NippoBrasil - Edição 257
• Atibaia para todos os gostos
Arquivo NippoBrasil - Edição 256
• Monte Verde é opção de viagem completa
Arquivo NippoBrasil - Edição 255
• História e natureza em Angra dos Reis


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2022 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados