Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Domingo, 13 de junho de 2021 - 5h36
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 
Petrópolis, cidade imperial

A cidade localizada na Serra do Mar é uma ótima alternativa para quem quer desfrutar de um clima ameno com belas paisagens e um ótimo comércio a céu aberto


BELEZA - A paisagem noturna é outro atrativo de Petrópolis
 

(Arquivo NB)


PODER - Museu Imperial foi a morada predileta de D. Pedro II


ORIGINAL - Casa Santos Dumont foi construída em morro

O “pontapé” para a fundação da cidade de Petrópolis foi um pernoite que D. Pedro I fez na região, quando seguia o “caminho do ouro” que o levaria para Minas Gerais. Encantado com o clima ameno local, o imperador teve a idéia de lá construir um palácio para receber visitas vindas da Europa não acostumadas ao clima tropical. Passou, então, a fazer visitas constantes à Fazenda do Padre Correa, onde fez o pernoite, a fim de utilizar a propriedade para o tratamento de sua filha, a princesa Paula, sempre muito doente. Infelizmente, a idéia não foi bem-sucedida, e a princesa faleceu aos 10 anos. A partir daí, Petrópolis, estreitando laços com o poder, iniciou o caminho que a tornou conhecida como “cidade imperial”.

Amada por D. Pedro II, que mesmo durante o exílio perguntava a todos que o visitavam sobre a cidade, Petrópolis está localizada na Serra do Mar, a 809 metros de altitude, cercada por boa parte de Mata Atlântica, responsável pelo clima ameno e agradável com chuvas abundantes. Para quem deseja conhecer e visitar pontos turísticos dessa cidade tão importante na história do País, há opções culturais, comerciais e esportivas.

A Biblioteca Municipal Gabriela Mistral é considerada a terceira mais importante do Estado do Rio de Janeiro, por sua diversidade de acervo – mais de 130 mil volumes – e freqüência de leitores – cerca de 50 mil por ano. Com salas de leitura em dois distritos da cidade, Posse e Itaipava, a Biblioteca oferece, mesmo à população distante do centro, acesso à leitura e à pesquisa.

O Museu Imperial é imperdível para qualquer turista. Localizado na morada predileta de D. Pedro II, o Palácio Imperial, a elegante construção abriga, em seu acervo, as coroas de D. Pedro II, D. Pedro I e o cetro de ouro, exibidos com medidas de segurança. Destacam-se também a sala de visitas da imperatriz, a sala de jóias, os quartos de D. Pedro II, além do vasto conjunto de peças, objetos e obras raras que reconstroem a história brasileira. No roteiro de passeios culturais, também devem ser incluídas visitas ao Palácio de Cristal, tombado pelo Instituto Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ao Palácio Quitandinha, decorado pela cenógrafa de Hollywood Doroth Draper, a Casa da Princesa Isabel e o Museu Casa de Santos Dumont, construído por Alberto Santos Dumont para ser sua residência de verão.

As opções de comércio também são variadas em Petrópolis. Na Rua Teresa, há o shopping a céu aberto com venda de roupas e acessórios a preço de fábrica. O bairro de Bingen é um forte pólo de comércio de móveis, papéis e tecidos para decoração, e o distrito de Itaipava é caracterizado pela presença de lojas de cerâmica, artesanato, antiquários, além de charmosos hotéis e pousadas e um roteiro gastronômico variado para agradar a todos os gostos, com culinárias de países diversos, inclusive do Japão.

Seguindo as tendências do turismo ecológico, Petrópolis também reúne uma gama de opções para quem deseja praticar o ecoturismo. Ciclismo, escalada, montanhismo, caminhadas ecológicas, rapel e pesque-pague são apenas algumas das opções que a cidade oferece não só como passeio, mas também como uma aula prática sobre o ecossistema local. Os passeios ecológicos incluem, por exemplo, visitação a cachoeiras da região, realização de trilhas com a orientação de guias especializados, visitação a sítios e a fazendas locais, com produção variada de verduras orgânicas, ervas finas, leite, queijo, licores, cogumelos, trutas, café, dentre outros, além da criação de cavalos.

Há dois anos em funcionamento, o programa Temporada da Melhor Idade na Serra Imperial oferece um roteiro elaborado para pessoas da melhor idade que abrange atrações culturais, visita a pontos turísticos, compras e tarifas diferenciadas em hotéis e restaurantes, especialmente na primeira e última semana do mês, nos períodos de março a junho e agosto a dezembro, exceto feriados. Considerado sucesso e com aceitação bastante positiva por parte de clubes da melhor idade e operadoras de turismo nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, esta é mais uma opção que enriquece a viagem a Petrópolis.

 


TESOURO - Palácio de Cristal foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional


Arquivo NippoBrasil - Edição 269 - 4 a 10 de agosto de 2004
 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 271
• Paraty
Arquivo NippoBrasil - Edição 269
• Petrópolis, cidade imperial
Arquivo NippoBrasil - Edição 268
• Caxambu: raízes indígenas e africanas
Arquivo NippoBrasil - Edição 266
• Campo Grande, Cidade Morena
Arquivo NippoBrasil - Edição 265
• Paranapiacaba: atrações a céu aberto
Arquivo NippoBrasil - Edição 264
• Campos do Jordão: Um pedaço da Europa no Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 263
• Araxá: “onde primeiro se avista o sol”
Arquivo NippoBrasil - Edição 262
• Águas de São Pedro: beleza natural bem próxima a São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 260
• Poços de Caldas, MG - Tudo começou com a água...
Arquivo NippoBrasil - Edição 259
• Búzios é atração no litoral norte do RJ
Arquivo NippoBrasil - Edição 257
• Atibaia para todos os gostos
Arquivo NippoBrasil - Edição 256
• Monte Verde é opção de viagem completa
Arquivo NippoBrasil - Edição 255
• História e natureza em Angra dos Reis
Arquivo NippoBrasil - Edição 253
• Águas de Lindóia o paraíso das águas milagrosas
Arquivo NippoBrasil - Edição 252
• Socorro oferece diversão sem parar aos turistas
Arquivo NippoBrasil - Edição 251
• Serra Negra: saúde e diversão para toda a família
Arquivo NippoBrasil - Edição 250
• Brotas: aventura, natureza e descanso
Arquivo NippoBrasil - Edição 249
• Caldas Novas é quente
Arquivo NippoBrasil - Edição 248
• Foz do Iguaçu: natureza, tecnologia e história
Arquivo NippoBrasil - Edição 246
• Pantanal
Arquivo NippoBrasil - Edição 245
• Salvador
Arquivo NippoBrasil - Edição 241
• Camboriú
Arquivo NippoBrasil - Edição 238
• Adrenalina total!!!
Arquivo NippoBrasil - Edição 233
• Floripa ou Ilha da Magia, como também é conhecida a capital catarinense
Arquivo NippoBrasil - Edição 231
• Conheça São Paulo de Metrô
Arquivo NippoBrasil - Edição 225
• Belém: capital da fé
Arquivo NippoBrasil - Edição 224
• Litoral norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 223
• Região dos Lagos
Arquivo NippoBrasil - Edição 221
• Paraty: diversão para toda família
Arquivo NippoBrasil - Edição 219
• Circuito Histórico de Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 218
• Atibaia
Arquivo NippoBrasil - Edição 217
• Foz do Iguaçu: Beleza dividida


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2021 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados