Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Domingo, 22 de setembro de 2019 - 8h16
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 
O nascimento de Zenshi no Mikoto
 

Adaptação livre de Claudio Seto
(Texto e desenhos: Claudio Seto)

 

Certa manhã, ao iluminar a face da Terra com seus abençoados raios de luz, Amaterassu Omikami, a Augusta Deusa Sol, percebeu que tudo estava muito reto, plano e achatado. Não havia movimento, vida, dimensão. O mundo parecia um enorme tabuleiro de shogui (xadrez japonês) sem peças. Sem entender o que tinha acontecido, caminhou um pouco para ver se encontrava algum Deus que pudesse dizer o que acontecera a Terra. Porém, como era cedo demais, todos ainda dormiam em Takama no Hara (Alta Planície Celeste).

Pouco depois encontrou uma ninfa tennin (habitante do céu) e perguntou:

-Garota, você presenciou o que aconteceu na noite passada com a Terra durante a vigília de meu irmão Tsukiyomi no Mikoto, o honorável Deus Lua ? Será que Tsukiyomi usou de seus poderes para adormecer a vibrante energia terrestre transformando-a numa passiva experiência plana?

-Foi uma noite terrível. Fiquei tão preocupada que não consegui dormir, disse a ninfa.

-Diga logo o que aconteceu.

-Oh Augusta Deusa Sol, enquanto todos dormiam, seu irmão caçula, Suzano-o no Mikoto, o impetuoso Deus Tempestade, assoprou uma grande lufada de vento sobre a Terra. O furioso vendaval jogou tudo, homens, animais, plantas e até montanhas ao chão, e eles não tiveram forças para se levantar de novo. Bem que eles tentaram, mas não conseguiram. Eu também procurei ajudá-los, mas como sou uma delicada ninfa, não tive força suficiente para erguer nada.

-Precisamos fazer alguma coisa, assim é que não pode ficar. Você tem alguma sugestão? - disse a Augusta Deusa Sol.

-Acho que se a gente soprar pelo lado oposto tudo ficará de pé de novo. Infelizmente não tenho força para isso, bem que a senhora poderia me atribuir poderes - sugeriu a ninfa.

Amaterassu abriu os braços e iluminou a ninfa dizendo:

- Tudo bem, doravante você terá todos os poderes que precisar.

A ninfa ficou feliz da vida. Dançando, começou a se preparar para o grande sopro. Com movimentos graciosos foi-se inflando. Quando começou a soprar o vento na direção contrária, uma forma divina majestosa fluiu de seu sopro. Era um Deus glorioso que nasceu de seu sopro. Ele sobrevoou a Terra despertando todas as energias adormecidas. Convocava a todos a se levantarem de novo para a alegria de viver.

A ninfa olhou espantada para aquela divindade e perguntou a Amaterassu:

- Quem é aquele que inspira confiança em esperança perdida ? Quem é aquele que move a criação à ressurreição ?

Amaterassu respondeu: - É Zenchi no Mikoto, o Deus da Graça Divina. Guarde esse nome, pois de agora em diante, cada vez que uma calamidade ocorrer na Terra, ou com cada um de seus habitantes, o Deus da Graça, estará pronto para ajudá-los.

Conta a sabedoria popular, que deste então, cada vez que a humanidade está em perigo, repetem o nome Zenshi no Mikoto, ou Zenchi On no Mikoto, e tudo se resolve satisfatoriamente, desde que tenha fé.

 
Adaptação livre de Claudio Seto

Arquivo NippoBrasil - Edição 252 - 7 a 13 de abril de 2004
Lendas do Japão
Arquivo Nippo - Edição 262
Kinuhime, a deusa da seda
Arquivo Nippo - Edição 260
Os ratos sumotoris
Arquivo Nippo - Edição 258
A origem da estrela-do-mar
Arquivo Nippo - Edição 256
O leque mágico
Arquivo Nippo - Edição 254
Guengoro e o tambor encantado
Arquivo Nippo - Edição 252
O nascimento de Zenshi no Mikoto
Arquivo Nippo - Edição 250
Toguênkyo - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 248
Toguênkyo - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 246
Warashibe Choja - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 244
Warashibe Choja - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 242
O nome da gata
Arquivo Nippo - Edição 240
O Perfeito Macaco-Rei
Arquivo Nippo - Edição 238
Cesto cheio de água
Arquivo Nippo - Edição 236
O Macaco e a Água Viva - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 234
O Macaco e a Água Viva - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 232
O Mestre da Sabedoria
Arquivo Nippo - Edição 230
Zuiten
Arquivo Nippo - Edição 228
O Dia Seguinte
Arquivo Nippo - Edição 226
A Estátua e os Macacos
Arquivo Nippo - Edição 224
O fruto da cor de ouro
Arquivo Nippo - Edição 222
Espelho de Matsuyama - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 220
Espelho de Matsuyama - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 218
Shinguen e o Egoísmo
Arquivo Nippo - Edição 216
Ki o niguiru meiso
(Meditar com o bonsai)
Arquivo Nippo - Edição 214
O bambu e a correnteza
Arquivo Nippo - Edição 212
O trovão que caiu das nuvens - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 210
O trovão que caiu das nuvens - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 208
Tudo sob controle
Arquivo Nippo - Edição 206
O guetá encantado
Arquivo Nippo - Edição 204
A mão e a ira - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 202
A mão e a ira - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 200
Kobutori Jiji
Arquivo Nippo - Edição 198
O tesouro das camélias
Arquivo Nippo - Edição 196
A origem da cigarra Chibahime
Arquivo Nippo - Edição 194
Oyakoko zaru
Arquivo Nippo - Edição 192
O Mestre da Sabedoria
Arquivo Nippo - Edição 190
Kassajizo
Arquivo Nippo - Edição 188
O coelho da lua

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

155 usuários online