Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Segunda-feira, 24 de abril de 2017 - 12h06
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Arquivo NippoBrasil - Edição 174 - 11 a 17 de setembro de 2002
 
Ubazakurá
No Japão existem mais de 400 espécies de sakura – a cerejeira ornamental. E quase todas tem uma história que procura justificar a razão do seu nome. A espécie hoje conhecida como Ubazakurá (Cerejeira da ama-de-leite) ganhou esse nome há aproximadamente 300 anos.
 

Adaptação livre de Claudio Seto
(Texto e desenhos: Claudio Seto)

Tudo começou na vila Asamimura, do distrito de Onsengori, da província de Iyo, no Japão, onde havia um bom homem chamado Tokubei. Este senhor era a pessoa mais rica do distrito e o representante da vila junto ao governo da província. Apesar de ser afortunado, chegou aos 40 anos de idade sem conhecer a felicidade de tornar-se pai. Conseqüentemente, sua esposa foi ficando cada vez mais aflita porque não conseguia engravidar. Então, um dia, ela foi até o templo Saihoji, onde era cultuado a divindade Fudô-Myô, e fez veemente pedido para ter uma criança.

Suas preces foram ouvidas e, meses depois, ela deu à luz uma linda menina, que ganhou o nome de Tsuyu.

Como a esposa de Tokubei não tinha leite suficiente para amamentar a criança, contrataram uma ama-de-leite chamada Osode.

Tsuyu cresceu e tornou-se uma linda mocinha. Mas quando tinha 15 anos, ficou gravemente enferma. Os médicos diagnosticaram que ela iria morrer em breve. Osode, a empregada da casa que amamentou Tsuyu com muito amor como se fosse a verdadeira mãe, foi ao templo Saihoji e rezou com todo fervor à divindade Fudô-Myô. A menina, recebendo a graça divina, de repente ficou curada.

Foi uma grande alegria para todos da casa. Muito feliz, Tokubei deu uma grande festa e convidou todos os amigos para celebrar o feliz acontecimento. Mas, na noite da festa, a empregada Osode foi acometida de um mal repentino. Na manhã seguinte, o médico que tinha sido chamado para atendê-la anunciou que ela estava morrendo. Então, todos da família, que tanto gostavam da empregada, rodearam seu leito entristecidos. Osode, que estava bastante enfraquecida, disse:

- Tenho algo a lhes contar. Embora já bastante fraca, devo confessar que estou muito feliz, pois minhas preces foram ouvidas. Eu roguei à divindade Fudô-Myô que me permitisse morrer no lugar de Tsuyu e este grande favor foi-me concedido. Por isso, vocês não devem ficar aflitos, porque minha morte é uma graça recebida. Mas, antes de partir deste mundo, preciso fazer um pedido a vocês. Eu prometi a Fudô-Myô que plantaria um pé de sakura no jardim do templo Saihoji, em agradecimento à graça recebida. Porém, enfra-quecida como estou, não poderei cumprir a promessa, por isso imploro a vocês que a cumpram por mim. Adeus, meus caros amigos. Parto muito feliz no lugar de Tsuyu.

Assim dizendo, ela veio a falecer.

Depois do funeral de Osode, os pais de Tsuyu plantaram uma muda de cerejeira ornamental no jardim do templo Saihoji.

A árvore cresceu e, no décimo sexto dia, do segundo mês do ano seguinte, exatamente no aniversário da morte de Osode, a cerejeira floriu de maneira espetacular. Assim, continuou a florescer durante 286 anos, sempre no dia 16 de fevereiro. Suas flores são cor-de-rosa e brancas, como a cor dos mamilos de uma mulher que está na fase de amamentação. Por isso, o povo nomeou essa espécie de cerejeira ornamental de Ubazakurá - a cerejeira da ama-de-leite.

 
Adaptação livre de Claudio Seto

 

Lendas do Japão
Arquivo Nippo - Edição 200
Kobutori Jiji
Arquivo Nippo - Edição 198
O tesouro das camélias
Arquivo Nippo - Edição 196
A origem da cigarra Chibahime
Arquivo Nippo - Edição 194
Oyakoko zaru
Arquivo Nippo - Edição 192
O Mestre da Sabedoria
Arquivo Nippo - Edição 190
Kassajizo
Arquivo Nippo - Edição 188
O coelho da lua
Arquivo Nippo - Edição 184
O samurai e o cachorro guardião
Arquivo Nippo - Edição 182
Zenchi-Bonsai – O amor ao próximo
Arquivo Nippo - Edição 180
A tigela de madeira
Arquivo Nippo - Edição 178
Um Nome Comprido
Arquivo Nippo - Edição 176
A Borboleta Branca
Arquivo Nippo - Edição 174
Ubazakurá
Arquivo Nippo - Edição 172
Lenda da origem
do Bon Odori
Arquivo Nippo - Edição 170
Sô dessu ká?
Arquivo Nippo - Edição 170
Nada tenho
Arquivo Nippo - Edição 168
A moeda de Nobunaga
Arquivo Nippo - Edição 168
Acreditar em sonhos
Arquivo Nippo - Edição 166
Bunbuku Chagama: A chaleira encantada - Parte 2
Arquivo Nippo - Edição 164
Bunbuku Chagama: A chaleira encantada - Parte 1
Arquivo Nippo - Edição 153
Lenda da origem do Bon Odori
Arquivo Nippo - Edição 151
A esposa abandonada
Arquivo Nippo - Edição 149
A nora da fortuna
Arquivo Nippo - Edição 147
O Fantasma do Poço
Arquivo Nippo - Edição 145
Apreciando as cerejeiras
Arquivo Nippo - Edição 143
Carro de Boi
Arquivo Nippo - Edição 141
O Mestre
Arquivo Nippo - Edição 139
Você é sua prisão
Arquivo Nippo - Edição 137
O céu e o inferno
Arquivo Nippo - Edição 135
Desejando Deus
Arquivo Nippo - Edição 135
Deus existe?
Arquivo Nippo - Edição 133
Aluno Esforçado
Arquivo Nippo - Edição 133
Yuki Onná - A Mulher da Neve
Arquivo Nippo - Edição 131
Shitakiri Suzume - Parte Final
Arquivo Nippo - Edição 129
Shitakiri Suzume - Parte 1

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

136 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases