Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Segunda-feira, 19 de agosto de 2019 - 3h45
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 134 - 12 a 18 de dezembro de 2001
Yamanashi: A Terra dos Lagos

(Fotos: Divulgação)

A província de Yamanashi localiza-se perto do centro de Honshu, a maior ilha do Japão. Sua capital, Kofu, localiza-se numa importante área geográfica, conectando zonas industriais ao Oceano Pacífico, e se destacando como importante centro cultural, político e econômico. Com uma população de quase 900 mil pessoas, Yamanashi possui 78% do território coberto por montanhas e florestas, incluindo três parques nacionais, além do Fuji-Hakone-Izu Park, famoso pelas vistas do Monte Fuji e de seus lagos. Escalada nas montanhas e banhos nas termas naturais são as mais tradicionais formas de diversão em Yamanashi.

 

Monte Fuji: o gigante entre as nuvens

A mais alta montanha do Japão – e um de seus principais símbolos – é também a principal atração do Fuji-Hakone-Izu Park. O Fuji proporciona a quem está em Yamanashi uma de suas mais belas visões.


Fujigoko: os cinco lagos que banham, com poesia, o solo de Yamanashi

Lago Yamanaka: perfeito para os esportes de verão, o lago reúne muitos jovens que praticam iatismo, windsurf e, nas margens, tênis.

Lago Kawaguchi: o mais popular e de mais fácil acesso. Proporciona uma espetacular visão do Monte Fuji.

Lago Sai: o mais tranqüilo e silencioso dos lagos. A harmonia é completa com a imagem do Fuji é refletida em suas águas.

Lago Motosu: devido à alta temperatura de suas águas, é o único dos cinco lagos que não congelam no inverno.

Lago Shoji: o menor dos lagos. Restos de lava vulcânica ainda podem ser observados.


Minami: o Parque Nacional dos Alpes

Atravessando Yamanashi, Nagano e Shizuoka, é um dos maiores parques montanhosos do Japão. O magnetismo e a exuberância de suas florestas são irresistíveis para os aventureiros. A área é especial por proteger muitas espécies de plantas e animais, como o Ptarmigan, um pássaro que muda de cor quando mudam as estações do ano.


Parque Nacional Chichibu-Tama

Sua extensão abrange partes de Yamanashi, Tóquio e Saitama. Os montes Kobushigatake e Kumotori representam um novo desafio aos alpinstas. Dois dos desfiladeiros mais bonitos do Japão – o Mitake Shozenkio e o Nishizawa – atingem seu esplendor no outono, quando os rios refletem as fortes cores avermelhadas da vegetação.


Festivais e templos


Kuonji: templo budista famoso
pela escada de 287 degraus

Festival Shingen-Ko: todo mês de abril, a cidade de Kofu viaja no tempo em honra a Shingen Takeda, o famoso guerreiro que viveu ali. Réplicas da Furinkazan, a bandeira que representava o clã do guerreiro. O ponto alto do festival é a parada de Takeda Army, com os moradores trajando roupas autênticas de guerreiros.

Templo Kuonji: templo budista famoso pela escada com 287 degraus de pedra e pelas seculares cerejeiras. Mais de um milhão de pessoas visitam o templo, por ano, em busca da tranqüilidade que sua imagem proporciona.


Águas termais

Yamanashi, por se localizar em uma região vulcânica, é privilegiada por diversas fontes termais. Os resorts onde se encontram estas piscinas naturais são muito visitados por turistas que buscam as propriedades terapêuticas da água. Os freqüentadores garantem que elas curam nevralgias, reumatismo e cansaço.

 Arquivo - Turismo Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 247
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 244
• Monte Fuji
ARQUIVO - EDIÇÃO 242
• Okinawa
ARQUIVO - EDIÇÃO 240
• Hokuriku
ARQUIVO - EDIÇÃO 236
• Nikko: a cidade dos santuários
ARQUIVO - EDIÇÃO 232
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 229
• Yamanashi
ARQUIVO - EDIÇÃO 227
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 222
• Hakone
ARQUIVO - EDIÇÃO 220
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 216
• Iwate
ARQUIVO - EDIÇÃO 214
• Ilha de Sado
ARQUIVO - EDIÇÃO 211
• Hokkaido - Tudo começou em Naka Furano
ARQUIVO - EDIÇÃO 208
• Kansai - Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 205
• Soka
ARQUIVO - EDIÇÃO 202
• Hirakata
ARQUIVO - EDIÇÃO 199
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 197
• Tohoku
ARQUIVO - EDIÇÃO 195
• Tóquio e arredores: belezas que encantam
ARQUIVO - EDIÇÃO 193
• Chugoku-Shigoku: O coração do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 191
• Okinawa: Uma região de paraísos subtropicais
ARQUIVO - EDIÇÃO 189
• Nagasaki - O berço cristão japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 187
• Shimabara
ARQUIVO - EDIÇÃO 185
• Tottori: O Saara japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 183
• Matsue - A herança intacta dos samurais
ARQUIVO - EDIÇÃO 181
• Chiba conserva folclore cultural da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 179
• Okutama: Refrescando-se nas montanhas
ARQUIVO - EDIÇÃO 177
• Mito: A cidade de um dos mais belos jardins japoneses
ARQUIVO - EDIÇÃO 175
• Izu - O paraíso das águas
ARQUIVO - EDIÇÃO 173
• Kyoto: Cenário de três mil templos
ARQUIVO - EDIÇÃO 171
• Chindon-ya
ARQUIVO - EDIÇÃO 169
• Toyama no Kusuri
ARQUIVO - EDIÇÃO 167
• Sensooji o templo do Carnaval
ARQUIVO - EDIÇÃO 165
• Odaiba: a face futurista de Tóquio
ARQUIVO - EDIÇÃO 163
• Todaiji: o templo do grande Buda de Nara
ARQUIVO - EDIÇÃO 161
• Ryuhyoo: O gelo navegante de Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 159
• Hokkaido, o inverno mais gelado do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 134
• Yamanashi:
A Terra dos Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 130
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 128
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 126
• Okinawa: Ryukyu, Soberano dos Mares do Sul
ARQUIVO - EDIÇÃO 124
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 122
• Monte Fuji e os Cinco Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 120
• Nikko: A Cidade dos Santuários
ARQUIVO - EDIÇÃO 118
• Parques Temáticos
ARQUIVO - EDIÇÃO 116
• Hakone - A região dos vales fumegantes

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

117 usuários online