Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Segunda-feira, 16 de setembro de 2019 - 14h19
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 
Templo Horyuji
Templo de madeira mais antigo do mundo, na cidade de Ikaruga,
é considerado patrimônio da humanidade
 


O pagode de cinco andares tem 32,45 metros de altura

(Texto e fotos: Arquivo NippoBrasil)

Considerada a construção em madeira mais antiga do mundo, com 1.300 anos de idade, o Templo Horyuji, que fica na cidade de Ikaruga (província de Nara), foi a primeira edificação japonesa, junto com o castelo de Himeji, a ser tombada pela Unesco, órgão das Nações Unidas, como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1993.

A origem do Horyuji foi um templo construído no ano 607, pelo príncipe Shotoku (574~622). Ele foi dedicado ao Buda como oferenda para curar a doença de seu pai, o 31º imperador Yomei. Esse templo original foi destruído por um incêndio ocorrido no ano 670, segundo consta no Nihon Shoki, a primeira crônica da história do país editada no início do século 8.

O templo reconstituído logo em seguida é o atual Saiin Garan (recinto oeste), que é composto pelo Kondoo (pavilhão principal), Gojuu-no-too (pagode com cinco andares), Koodoo (auditório) e Chuumon (portão central). A disposição dos prédios do Saiin Garan é conhecida como estilo Horyuji, revelando aspectos característicos do Período Asuka.

É justamente o pavilhão principal, o Kondoo, a construção de madeira considerada como a mais antiga do mundo. Além de seu valor como patrimônio histórico, no seu interior existem diversas estátuas de Buda, verdadeiras relíquias feitas nos períodos Asuka (552~645), Hakuho (645~710) e Tenpyo (710~794), inclusive a famosa estátua chamada Trindade de Shaka. Pode-se ainda encontrar nesse pavilhão pinturas murais em 12 paredes.

Após o Kondoo pavilhão principal, foram construídos o pagode, o portão central e o corredor. Até o ano 711, o pagode e o portão central já teriam sido terminados.

Quanto ao Koodoo, não se sabe exatamente quando foi construído, porém, estima-se que já existia pelo menos no início do período Heian (794~1185). A partir do período Tenpyo, foi iniciada a construção do Tooin Garan (recinto leste), onde havia a residência do príncipe Shotoku. Para dedicar à estátua do Kuse Kannon, que dizem ter a mesma altura que o príncipe, em 739 construíram o pavilhão conhecido como Yumedono, que possui forma octogonal.

Por incrível que pareça, no Horyuji pode-se perceber a influência da cultura grega na arquitetura e nas obras artístico-religiosas que ele encerra. Como exemplo podemos citar as curvaturas dos pilares do corredor do Saiin Garan que mostram a semelhança com os do Pártenon de Atenas, Grécia. Quando o Japão estava no período Asuka, no continente estava se desenvolvendo intercâmbio comercial e cultural entre Ocidente e Oriente através da rota conhecida como Silk Road. As culturas gregas e romanas chegaram até ao Japão, após passar pela China e Coréia.


Os pilares do corredor do templo denotam influência da cultura grega


Atualmente, dentro do Koodoo estão expostas
obras de arte com mais de mil anos

Koodoo, o auditório, era o local onde os monges do templo estudavam
 

Arquivo NippoBrasil - Edição 254 - 21 a 27 de abril de 2004
 Arquivo - Turismo Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 254
• Templo Horyuji
ARQUIVO - EDIÇÃO 247
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 244
• Monte Fuji
ARQUIVO - EDIÇÃO 242
• Okinawa
ARQUIVO - EDIÇÃO 240
• Hokuriku
ARQUIVO - EDIÇÃO 236
• Nikko: a cidade dos santuários
ARQUIVO - EDIÇÃO 232
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 229
• Yamanashi
ARQUIVO - EDIÇÃO 227
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 222
• Hakone
ARQUIVO - EDIÇÃO 220
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 216
• Iwate
ARQUIVO - EDIÇÃO 214
• Ilha de Sado
ARQUIVO - EDIÇÃO 211
• Hokkaido - Tudo começou em Naka Furano
ARQUIVO - EDIÇÃO 208
• Kansai - Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 205
• Soka
ARQUIVO - EDIÇÃO 202
• Hirakata
ARQUIVO - EDIÇÃO 199
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 197
• Tohoku
ARQUIVO - EDIÇÃO 195
• Tóquio e arredores: belezas que encantam
ARQUIVO - EDIÇÃO 193
• Chugoku-Shigoku: O coração do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 191
• Okinawa: Uma região de paraísos subtropicais
ARQUIVO - EDIÇÃO 189
• Nagasaki - O berço cristão japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 187
• Shimabara
ARQUIVO - EDIÇÃO 185
• Tottori: O Saara japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 183
• Matsue - A herança intacta dos samurais
ARQUIVO - EDIÇÃO 181
• Chiba conserva folclore cultural da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 179
• Okutama: Refrescando-se nas montanhas
ARQUIVO - EDIÇÃO 177
• Mito: A cidade de um dos mais belos jardins japoneses
ARQUIVO - EDIÇÃO 175
• Izu - O paraíso das águas
ARQUIVO - EDIÇÃO 173
• Kyoto: Cenário de três mil templos
ARQUIVO - EDIÇÃO 171
• Chindon-ya
ARQUIVO - EDIÇÃO 169
• Toyama no Kusuri
ARQUIVO - EDIÇÃO 167
• Sensooji o templo do Carnaval
ARQUIVO - EDIÇÃO 165
• Odaiba: a face futurista de Tóquio
ARQUIVO - EDIÇÃO 163
• Todaiji: o templo do grande Buda de Nara
ARQUIVO - EDIÇÃO 161
• Ryuhyoo: O gelo navegante de Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 159
• Hokkaido, o inverno mais gelado do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 134
• Yamanashi:
A Terra dos Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 130
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 128
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 126
• Okinawa: Ryukyu, Soberano dos Mares do Sul
ARQUIVO - EDIÇÃO 124
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 122
• Monte Fuji e os Cinco Lagos

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

161 usuários online