Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quarta-feira, 18 de maio de 2022 - 0h56
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 

Barrigudinho

Pegue uma fita métrica e meça a circunferência da cintura na altura do umbigo e a do quadril, junto ao seu osso mais proeminente, o ilíaco. Se a relação entre as duas medidas aproximar-se de 1, significa que você tem uma maior concentração de gordura na região da cintura, do que na do quadril. Este tipo de obesidade é denominada obesidade andróide ou centrípeta, atinge ambos os sexos. É o biotipo “barrigudinho”.

Segundo o Dr. Simão Lottenberg, professor assistente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, a provável causa do aumento de peso concentrado no abdômen é a resistência à ação da insulina. Esta resistência decorre de defeitos genéticos, agravados pelo sedentarismo e dieta hipercalórica e funciona como uma incapacidade da ação da insulina no metabolismo da glicose, obrigando o pâncreas a aumentar a produção da insulina para cumprir sua função.

Por exemplo, após uma refeição, o pâncreas libera a insulina para estimular a captação da glicose pelas células, onde será consumida como energia, diminuindo a glicose no sangue (glicemia). No caso da resistência à ação da insulina, essa diminuição é pequena, o que exige o aumento da produção da insulina.

Este distúrbio facilita a obesidade pelo armazenamento da glicose e pela fabricação de gordura também realizada pela insulina, formando-se um ciclo vicioso: mais hormônio é produzido, engorda mais e geralmente está associada com o aparecimento do diabetes, da hipertensão e do aumento das gorduras no sangue. Por isso que 70 a 80% dos diabéticos são obesos e resistentes à insulina e grande parte também são hipertensos.

Estas doenças juntas aumentam o risco de problemas cardiovasculares, como o infarto cardíaco e o derrame cerebral, principais causas de mortes no município de São Paulo.

Portanto, se o seu biotipo se enquadra no “barrigudinho” ou “barrigudinha” procure o médico que no exame clínico medirá sua pressão arterial e solicitará as dosagens de triglicérides, colesterol e glicose. Saiba que é necessário fazer uma dieta para emagrecer e exercícios físicos regulares, além de uso de remédios adequados prescritos pelos médicos.

Koshiro Otani - Médico do trabalho do Hospital Santa Cruz


Arquivo NippoBrasil - Edição 238 - 7 a 13 de janeiro de 2004
 Coluna
 Arquivo - Saúde
• Beber álcool é bom?
• Exame de Papanicolau
• Barrigudinho
• Perguntas e respostas sobre a doença de Alzheimer (D.A)
• O trabalho voluntário e a saúde
• Perguntas e respostas sobre doenças do coração
• Trabalho, prazer e lazer
• Mal de Parkinson
• Livre-se do mau hálito
• Hábitos alimentares
• Câncer de mama e desodorantes
• Perguntas e respostas sobre enxaqueca
• Inseticidas de uso domiciliar
• Aliada do intestino: confira os benefícios da manga para combater a prisão de ventre
• Agrotóxicos e a saúde das pessoas - Parte 2
• Agrotóxicos e a saúde das pessoas - Parte 1
• Reposição hormonal natural
• Tétano e Difteria
• O que é acne?
• Hipotireoidismo
• Propriedades da soja
• Câncer de mama: Previna-se!
• Prevenção do câncer de pele
• O perigo do fumo passivo
• Lavar as mãos
• Alimente-se bem
• O dever de informar da medicina do trabalho
• Cuidados Paliativos, uma atividade multiprofissional
• Vulvovaginites
• Viciados no trabalho
• Acne adulto
• Dor mamária
• Dentes brancos: a estética chegou à boca
• Cirurgia plástica é coisa séria
• Ano novo, vida saudável: cresce interesse por alimentos que fortalecem a imunidade
• Varizes: livre-se delas!
• Avalie o seu grau de estresse
• Ervas medicinais: natural sim, mas com limites
W


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2022 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados