Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020 - 19h33
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 

Verão, perigo para quem sofre de enxaqueca

Sol, calor e alimentação inadequada podem transfrmar a estação mais esperada do ano emuma grande dor de cabeça

 

O verão não é sinônimo apenas de sol, mar e diversão. Para algumas pessoas, a estação mais esperada do ano pode ser também a mais penosa. Estima-se que 35 milhões de brasileiros sofram de enxaqueca. Nessa época, eles ficam mais propensos a crises e, se não estiverem atentos a alguns cuidados básicos, podem ter de trocar os prazeres da estação por horas extras de cama.

Sol e calor são velhos vilões de quem sofre da doença. Isso porque portadores de enxaqueca geralmente são sensíveis à claridade. A solução, aponta o clínico-geral e especialista em cefaléias, Alexandre Feldman, é proteger-se e evitar a exposição aos efeitos da claridade por muitas horas. Sombra, chapéu e óculos escuros costumam ajudar. O calor também pode ser traiçoeiro. “Com o aumento da transpiração, há uma diminuição de água no corpo e, se a pessoa sensível à cefaléia não se hidratar, pode ter uma tremenda dor de cabeça”, explica.

Nesse caso, ingerir líquidos com freqüência - de preferência água - é a indicação contra o problema. Os alimentos e bebidas consumidos no verão também respondem por grande parte dos casos de cefaléia. “Como qualquer bebida alcoólica, cerveja e caipirinha, comuns nessa época do ano, contêm substâncias capazes de provocar fortes dores de cabeça. O álcool ‘suga’ a água das células, causando desidratação. Ingeri-lo sem se alimentar corretamente causa hipoglicemia (diminuição da taxa de açúcar no sangue), que traz como um dos sintomas a enxaqueca”, alerta Feldman.

O médico também chama a atenção para os aperitivos servidos à beira da água. Ricos em gordura poliinsaturada, eles possuem substâncias químicas como tiramina, nitritos e sulfitos, verdadeiros venenos para pessoas predispostas.

 

Cálculo renal aumenta também na estação mais quente do ano

O verão também é a época do ano em que aumentam os casos de cálculo renal, a chamada pedra no rim. Isto porque, de acordo com o médico urologista do Hospital São Camilo-Santana, Isaac Am-selem, é justamente nesta época do ano que as pessoas transpiram mais e urinam menos e não tomam água suficiente para hidratar o organismo.

O cálculo renal é uma pedra formada por impurezas na urina que formam cristais e que não são filtrados pelo órgão. Normalmente, o que faz uma pessoa ter o cálculo renal é a predisposição genética, mas pode surgir em pessoas que bebem pouca água.

O tratamento visa a retirada do cálculo, que pode ser de forma espontânea ou com a ajuda de aparelhos sofisticados. O Hospital e Maternidade São Camilo conta com dois tipos de serviços: o de Litotripsia Extracorpórea, que destrói a pedra por meio de ondas sonoras e o Homium Laser, que, como o nome diz, utiliza o raio laser para quebrar cálculos urinários.

Embora haja todos esses recursos, Isaac Amselem alerta para alguns cuidados que podem ser tomados para evitar o cálculo renal:

• tomar bastante água;

• não abusar do sal;

• evitar carnes gordurosas.


Arquivo NippoBrasil - Edição 196 - 5 a 11 de março de 2003
 Coluna
 Arquivo - Saúde
• Avalie o seu grau de estresse
• Ervas medicinais: natural sim, mas com limites
• Síndrome do Coração Partido: quando as emoções afetam nossa saúde física
• Porque controlar o Tabagismo?
• Esclerose múltipla: sintomas diversos podem confundir diagnóstico
• Como evitar o câncer
• Cuidados básicos na manipulação de alimentos
• Viciados no trabalho
• Hábitos alimentares influenciam no desenvolvimento de doenças
• 75% das mulheres sofrem com a TPM
• Saiba como prevenir a conjuntivite
• Prazeres e cuidados com um banho de ofurô
• Você sabe como escolher um filtro solar?
• Verão, perigo para quem sofre de enxaqueca
• Cuidado com as micoses
• Automedicação: o barato que sai caro e pode ser perigoso
• Cuidado com a otite externa
• Acupuntura para combater a asma
• Café reduz risco de câncer de cólon
• Combatendo o câncer de mama
• Campos magnéticos aumentam os poderes da água
• Tabaco é principal motivo para o desenvolvimento doença pulmonar crônica
• Nova técnica para a plástica das pálpebras
• Zumbido: um problema que tem tratamento
• Câncer ginecológico: prevenção é o melhor remédio
• Vacinas podem prevenir doenças do verão
• Como se livrar das estrias
• Convivendo com as varizes no verão
• Calor intenso aumenta risco de conjuntivites
• Câncer de estômago é mais comum entre orientais
• Perda auditiva: como prevenir
• Prevenir é o melhor remédio
• Tomar chá verde pode amenizar alergias
• Cuidado com o leite que você compra!
• O que fazer para evitar a Trombose
• Como ajudar alguém em crise epiléptica
• Pare de fumar agora!
• Como agir em caso de queimaduras
• Reposição Hormonal: fazer ou não?


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2020 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados