Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 0h19
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-

O doutor responde
Dr. Cesar Uehara*
 
Ataque de asma
 

Em um ataque de asma , quais as principais medidas que um pai deve tomar para acalmar a crise do filho? E quem sofre de asma, existem hábitos de vida que podem ser adotados para evitar o aparecimento da crise?
Edson Koga, Campinas, SP

As crises asmáticas, dependendo da intensidade, podem ser classificadas em leves, moderadas e graves, e a terapêutica será de acordo com a intensidade da crise. Nas crises leves, utiliza-se substâncias B2 estimulantes inalatórias (bombinhas), como Aerolin Spray, Berotec Spray, entre outros, ou inalação em Berotec diluído em soro fisiológico. Nas crises moderadas ou graves pode-se repetir estas medicações 2 a 3 vezes, a intervalos de 20 minutos e em seguida, procurar auxílio médico no Pronto-Socorro, Ambulatório ou consultório. Investiga-se, então, a causa da crise: falta de medicamentação, infecção viral ou bacteriana, “stress”, mudança do tempo, contato com poeiras, animais, produto químico. O controle da asma brônquica é realizada através da orientação do paciente quanto ao fator desencadeante. Manter o ambiente limpo, ventilado, evitar substâncias ou materiais que provoquem as crises, evitar o cigarro. O tratamento medicamentoso é realizado com substâncias anti-inflamatórias (corticosteróides) e broncodilatadores, por via oral ou inalatória (spray ou “bombinha”). A via inalatória, por apresentar doses menores, apresenta menos efeitos colaterais, podendo ser usada com segurança sem o risco de fazer “mal ao coração” ou “viciar”.


* Cesar Uehara é professor adjunto da disciplina de Pneumologia da Unifesp e médico pneumologista e broncoscopista do Hospital Santa Cruz
 

Arquivo NippoBrasil - Edição 167 - 7 a 13 de agosto de 2002
 Coluna
 Arquivo - Saúde
• Prevenção do câncer de pele
• O perigo do fumo passivo
• Lavar as mãos
• Alimente-se bem
• O dever de informar da medicina do trabalho
• Cuidados Paliativos, uma atividade multiprofissional
• Vulvovaginites
• Viciados no trabalho
• Acne adulto
• Dor mamária
• Dentes brancos: a estética chegou à boca
• Cirurgia plástica é coisa séria
• Ano novo, vida saudável: cresce interesse por alimentos que fortalecem a imunidade
• Varizes: livre-se delas!
• Avalie o seu grau de estresse
• Ervas medicinais: natural sim, mas com limites
• Síndrome do Coração Partido: quando as emoções afetam nossa saúde física
• Porque controlar o Tabagismo?
• Esclerose múltipla: sintomas diversos podem confundir diagnóstico
• Como evitar o câncer
• Cuidados básicos na manipulação de alimentos
• Viciados no trabalho
• Hábitos alimentares influenciam no desenvolvimento de doenças
• 75% das mulheres sofrem com a TPM
• Saiba como prevenir a conjuntivite
• Prazeres e cuidados com um banho de ofurô
• Você sabe como escolher um filtro solar?
• Verão, perigo para quem sofre de enxaqueca
• Cuidado com as micoses
• Automedicação: o barato que sai caro e pode ser perigoso
• Cuidado com a otite externa
• Acupuntura para combater a asma
• Café reduz risco de câncer de cólon
• Combatendo o câncer de mama
• Campos magnéticos aumentam os poderes da água
• Tabaco é principal motivo para o desenvolvimento doença pulmonar crônica
• Nova técnica para a plástica das pálpebras
• Zumbido: um problema que tem tratamento
• Câncer ginecológico: prevenção é o melhor remédio
• Vacinas podem prevenir doenças do verão


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2021 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados