PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Sexta-feira, 15 de novembro de 2019 - 5h54
DESTAQUES:
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Caderno Bichos

“Que coceirinha...”

Pulgas podem causar alergias, verminoses, estresse e
até mesmo problemas respiratórios

(Texto: Suzana Sakai/NB |Foto: Divulgação)

Não é de hoje que as pulgas representam um grande problema para os donos de animais. Aquela coceira incessante incomoda os bichinhos e pode trazer diversos problemas para quem cuida deles.

No mundo, existem mais de 2 mil espécies de pulgas, sendo a Ctenocephalides f. felis e a Ctenocephalides canis as mais comumente encontradas em animais domésticos. “São as pulgas de gatos e cães, respectivamente, que podem parasitar ambos e o homem sem especificidade”, explica o veterinário Dalton Ishikawa.

Danos à saúde

Muito mais do que uma simples coceira, as picadas de pulgas podem acarretar diversos danos à saúde, tanto dos bichos de estimação, quanto de seus donos.

Nos animais, pode provocar dermatite alérgica, problemas respiratórios, verminoses, auto-traumatismo, estresse e infecções bacterianas. “No ser humano pode provocar peste bubônica, dermatite alérgica, tularemia, salmonelose, viroses e infecções bacterianas”, alerta Ishikawa.

Os filhotes e os animais debilitados são os que mais sofrem com a presença das pulgas. “As pulgas são animais parasitas que podem causar feridas e alergias na pele do animal. Em filhotes ou animais debilitados, elas podem acarretar ainda anemia sanguínea”, esclarece a veterinária Estela Yoshida.

Livre-se delas

Manter a higiene do animal em dia contribui para o bem-estar do bicho, mas não é o suficiente para deixá-lo longe desses parasitas. “É necessário aplicar medicamentos pulgicidas regularmente para proteger efetivamente o animal”, diz Ishikawa.

Caso o animal já esteja infectado, são necessários produtos industrializados para matar as pulgas. “ As pulgas não devem ser tratadas, mas eliminadas”, afirma Yoshida.

 
Previna-se

Para preservar o ambiente em que o animal vive contra o surgimento das pulgas, alguns cuidados são necessários. Confira algumas dicas de Ishikawa:

• Mantenha sempre limpo o local onde seu animal dorme, removendo e lavando todos os objetos (panos, cobertores, etc.) uma vez por semana.

• As casas devem ser limpas pelo menos uma vez por semana, com o auxílio de um aspirador de pó. Descarte o filtro do aspirador após a limpeza, pois as larvas das pulgas podem eclodir dos ovos coletados pelo aspirador ou pulgas adultas podem emergir de suas pupas e reinfestar o ambiente.

• Pode a grama e faça a limpeza periódica de quintais e jardins para evitar ambientes úmidos e adequados para o desenvolvimento das larvas.

• Faça o controle de roedores no terreno da residência, pois estes são hospedeiros de pulgas que transmitem doenças.

 Pets do Leitor
 Arquivo: Pets
• Dia Mundial do Gato: veja como cuidar dos bichanos
• Saiba tudo sobre as vacinas
• Cuidados: Top 5 de verão
• Brincadeira que faz bem
• Esquilo da Mongólia
• Dia de banho!
• Atendimento de emergência
• Na hora da compra
• O melhor hotel para seu amigo
• Mais do que um bom amigo
• Adotar é tudo de bom!
• Alimentação para Aves: Balanceada e variada
• Independentes e bem nutridos
• Cuide bem da refeição do seu cachorro
• Evite as doenças de verão
• Câncer: diagnósticos e tratamento
• Tá nervoso? Vai brincar!
• Atenção com as unhas!
• Medicamento na medida certa
• Jabutis são animais tímidos e dóceis
• Um olhar esbranquiçado
• Calopsitas: Dócil e divertida
• Ferrets: Amistosos e brincalhões
• Animais idosos
• Diabetes?
• “Castrei, e agora?”
• Vermífugo: um importante aliado
• Iguana: Exótica e exigente
• Doenças do homem em animais de estimação
• Terapia comportamental
• Um pássaro do barulho
• “Cadê meu filhotinho?”
• Programa de adoção
• Florais para eles também!
• Um problema sazonal
• Top 5 de escovação
• Filhotes, filhotes, filhotes!
• Um coelho em sua vida
• “Que coceirinha...”
• Doença ou personalidade?
• Um peixe bom de briga
• Anticoncepcional: Problema ou solução?
• Meu pintinho amarelinho
• Cachorro Bem-Educado
• Farmácia Pet
• Adorável roedor
• Um amor de bicho
• Pet moderno

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo