PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Quarta-feira, 20 de setembro de 2017 - 22h42
DESTAQUES:
“Felicidade paradoxal”: seguir o modelo de Jesus Cristo

O exemplo de vida de Jesus é um caminho na contramão em relação aos valores do mundo. A kenosis, caminho de abandono e aniquilação (Fl 2, 6-11) é provocativa, convida-nos a buscar a verdadeira liberdade: a interior. Contudo, esse caminho muitas vezes será difícil e exigirá de nós muita perseverança e uma abertura à conversão diariamente. De fato, o Evangelho quer nos transmitir esta verdade: somente Cristo nos liberta. Mas é preciso diminuir para que essa verdade tenha espaço na sua vida, é preciso tornar-se pequeno e pobre; não é miserável e sem personalidade, mas vazio e consciente da escolha de esvaziar-se para ficar pleno de Deus.

Tem um trecho de um canto religioso que é assim: “O Caminho é Jesus, a Verdade é Jesus, a Vida é Jesus” (Jo 14,6). Um dos maiores desafios de ser cristão no mundo é justamente: “Estejam no mundo sem ser do mundo”. Nós não podemos fugir da realidade que vivemos, mas todos nós somos convidados a viver a vida de um modo mais pleno até a vida eterna, conforme a vontade do Pai amoroso. O que é a vida eterna? A Bíblia nos fala: “Ora, a vida eterna é esta: que eles conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, aquele que tu enviaste, Jesus Cristo” (Jo 17,3).

Deus Pai nos presenteou com seu Filho Jesus para ser nosso guia e mestre no caminho do Reino de Deus. Na verdade, temos muitos caminhos para a felicidade, mas nem todos levam à felicidade definitiva. É necessário aprimorar nossa capacidade de discernir e julgar, para acertarmos em nossas escolhas. Se o ser humano não resistir ao caminho da sedução, tentação, egoísmo, consumismo e hedonismo, as consequências serão evidentes: injustiças, violências, misérias, decadências morais e sociais, pois o caminho do pecado é mais largo e fácil. A imitação das atitudes e comportamento de Jesus Cristo é o remédio mais eficaz para curar o vírus da autossuficiência e do orgulho. É importante almejar e aproveitar seu talento para ser gente útil e competente. Mas todos os dons convergem-se ao serviço aos outros.

O Papa Bento XVI destacou em sua última encíclica Caridade na Verdade: “Mesmo que haja um grande avanço e sucesso na área tecnológica e científica, se não existir a Verdade integral e cristã, baseada no Amor de Deus, não servirá como desenvolvimento e progresso para o bem comum da sociedade”.

Toda a verdade vem de Deus, serve ao Amor verdadeiro. Toda a vida é fruto do Amor do Criador. Por isso a Palavra de São Paulo conclui: “A caridade nunca acabará” (1Cor 13,8). É o Amor de Deus que responde aos nossos anseios mais profundos e nos dá a verdadeira felicidade. Confie e busque a Deus primeiramente, e o mais Ele fará e ajudará.




Padre Isao Aoki, S.M.
 Arquivo - Mensagens
• O poder de cura do perdão
• Como somos afortunados
• O que o fogo não queima,
o vento e a água não levam!
• A felicidade em um ônibus lotado
• Os sinais do fim - parte II
• “Felicidade paradoxal”:
Seguir o modelo de Jesus Cristo
• Os sinais do fim - parte I
• O sentido da vida ... e da morte
• Paz com Deus, consigo e com o mundo

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo