Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Domingo, 15 de setembro de 2019 - 10h05
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
21 de julho de 2017 - Decasségui - Portal NippoBrasil
 

Proposta do deputado japonês sobre visto a
yonseis poderá ser apreciada ainda em novembro no Japão


Deputado japonês Mikio Shimoji,
do partido Nihon Ishin no Kai

(Fotos: Nippobrasil/Fernando Takahashi)

Em recente palestra, em São Paulo, no dia 21/07, o deputado japonês Mikio Shimoji, do partido Nihon Ishin no Kai, apresentou sua proposta sobre concessão de visto à quarta geração em diante de descendentes nipônicos (yonseis e demais) que vivem no exterior, que será encaminhada ainda em novembro às autoridades competentes.

Pela primeira vez em visita ao Brasil, o deputado Shimoji, e mais dois deputados de seu partido, Toyofumi Yoshida e Takayuki Shimizu, vieram expor o conteúdo da proposta e, ao mesmo tempo, ouvir opiniões dos nipo-brasileiros acerca do tema, com objetivo de fazer os últimos ajustes no documento. O interesse de Shimoji sobre a situação dos yonseis surgiu após um encontro com os nipo-peruanos, que também enfrentam a mesma questão.


Deputado Shimoji, e mais dois deputados, Takayuki Shimizu e Toyofumi Yoshida

No sistema atual de permissão de visto para descendentes de japoneses residentes no exterior, apesar de quase três décadas de movimento decasségui ao Japão, somente a segunda (nissei) e a terceira geração (sansei) podem receber visto de longa permanência. Para a quarta geração (yonsei) só é permitida a permanência em terras japonesas na situação de menor e dependente dos pais (terceira geração). Contudo, muitos yonseis já atingiram 30 anos de idade e não dependem dos pais. Vários deles carregam em seu histórico ainda outro agravante: são frutos de uma geração que nasceu e viveu no Japão, em algum momento, ou grande parte da sua vida. Mesmo assim, o arquipélago lhes fecha a porta de entrada baseada meramente na definição de "geração".

A crescente queda de natalidade e a diminuição drástica da população ativa do Japão, certamente são os principais motivos para a urgência da concessão de visto aos yonseis. "A parceria do Japão com as comunidades do mundo é importante ao nosso país. Temos convicção em fazer um sistema para ficar mais fácil entrar e trabalhar no Japão. Isto é imprescindível nessa nova situação demográfica japonesa." Disse o deputado.

A palestra foi direcionada apenas ao visto temporário. O visto permanente aos yonseis será objeto de discussão após essa primeira fase de concessão de visto. "É possível que, futuramente, o Japão pense em conceder permanência para aqueles yonseis que não vierem a cometer nenhum delito em nosso país e demonstrem que trabalham com seriedade", comentou o deputado.

A proposta: novo Working Holiday para yonseis

A proposta consiste em conceder visto de Working Holiday para os yonseis e gerações seguintes, ou como o deputado mencionou, o "novo Working Holiday".

O visto de Working Holiday tradicional, ou visto de férias com permissão de trabalho, é uma modalidade de visto que já existe no Japão desde 1980, e abrange 18 países (o Brasil não está nesta lista atualmente - veja http://www.mofa.go.jp/j_info/visit/w_holiday/index.html). O visto permite que jovens entre 18 a 30 anos, aprofundem seus conhecimentos sobre o país, concedendo lhes livre trânsito, permissão para estudar o idioma e também para realizar trabalhos temporários, durante um período limitado de um ano.

O "novo Working Holiday", proposto pelo deputado Shimoji, permitirá ao yonsei estadia mais longa: de três anos. A idade mínima será de 18 anos sem restrição de idade máxima. "pode ser até uma pessoa de cem anos", brincou o deputado na apresentação. Esse visto permitirá também que dependentes, como cônjuge e filhos possam ir juntos, com ressalva que, se o principal voltar, os dependentes terão de retornar.

Sobre as outras regras do visto, o deputado trabalha em duas possibilidades: a primeira, de apenas conceder visto nesta categoria para o yonsei poder trabalhar e morar no Japão, como os outros (nissei e sanseis); e a outra possibilidade, em conceder o visto que permite trabalhar com a obrigatoriedade de incluir o estudo da língua japonesa durante essa estadia. Somente empresas cadastradas no governo poderiam recrutar essa mão de obra, com a contrapartida de oferecer estudo do idioma. Para o deputado, essa última ideia de parceria de empresas com o comprometimento em aperfeiçoar o idioma parece mais interessante.

"O objetivo da nossa vinda ao Brasil com esta proposta é de dar oportunidade ao yonsei de aprender a língua, a cultura japonesa e que posteriormente ele possa voltar e passar a contribuir na sociedade brasileira também". Finalizou o deputado na palestra.





Importante:
O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

  Decasségui
10/09/2019
• Família é o novo perfil do dekassegui
06/02/2019
• Palestras no Ciate, em fevereiro, sobre Declaração do IR e Cadastramento de Seguro Social
12/12/2018
• Atraso em voos: calculadora mostra qual o valor da indenização para o viajante
26/10/2018
• Alitalia anuncia codeshare com a All Nippon Airways (ANA)
13/07/2018
• Anac reajusta taxas dos aeroportos de Guarulhos e Viracopos
13/06/2018
• BNDES lançou projeto para incentivar o setor de franquias
25/05/2018
• SMTE oferecerá serviços gratuitos no Integra Jabaquara em SP
10/05/2018
• SMTE participará da Semana do MEI 2018
06/04/2018
• Oficina gratuita sobre empreendedorismo é oferecida pelo CATe de São Paulo
04/04/2018
• Secretaria Municipal do Trabalho fará formalização de MEIs da capital paulista na Feira do Empreendedor
07/03/2018
• Secretaria Municipal do Trabalho promove o empreendedorismo feminino em SP
23/02/2018
• Ao marcar viagem de avião, fique atento aos seus direitos em caso de atraso ou cancelamento de voo no aeroporto
16/02/2018
• Visto para brasileiros yonseis pode sair ainda em 2018
11/02/2018
• Fundação Japão em São Paulo abre uma vaga para funcionário
14/12/2017
• Banco Itaú Unibanco lança transferência internacional via aplicativo
30/11/2017
• Oficinas orientam trabalhadores que buscam emprego
16/11/2017
• Fundação Paulistana abre inscrições para mais de 800 vagas em cursos de capacitação profissional
01/11/2017
• Cronograma de oficinas de novembro no Centro de Apoio ao Trabalhador
03/10/2017
• Ciate promove simpósio sobre "Trajetórias e o Futuro da Empregabilidade no Japão"
21/09/2017
• Feira de Educação em Tóquio para brasileiros acontece em outubro
31/08/2017
• Honda abre inscrições para o Programa de Trainees 2018
29/08/2017
• Educação de crianças brasileiras no Japão e visto aos yonseis serão temas de Audiência Pública solicitada por Ihoshi na Câmara
23/08/2017
• Estão abertas as inscrições para o Programa de Estágio Honda 2018
25/07/2017
• Proposta do deputado japonês sobre visto a yonseis poderá ser apreciada ainda em novembro no Japão
21/07/2017
• O que é visto de Working Holiday?

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

150 usuários online