Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Sábado, 27 de maio de 2017 - 10h47
Conversando de RH
29 de fevereiro de 2016

Almas velhas

Somos todos almas velhas - sem exceção; não há crianças nesse mundo.

A fase de adaptação ao mundo terreno é de, no máximo, onze anos.

A partir de então, começa o despertar do "Eu verdadeiro", a mesma pessoa de sempre, de muitas vidas, porém melhorada e crescida espiritualmente, no decorrer das encarnações.

Cada qual vem a encarnar para aprender a amar e a evoluir espiritualmente.

Encarnamos com proteção dos anjos de guia, de guarda, de outros anjos que acompanham toda a nossa existência terrena, para nos ajudar na evolução e no crescimento espiritual.

Por serem invisíveis, buscamos nosso guru visível: mestres, livros de autoajuda, ou alguma religião para nos guiar a Deus.

As circunstâncias, os ambientes, as pessoas que encontramos ao nascer moldam o nosso Eu. Muitos decidem por nós, escolhem para nós, empurram-nos ao caminho a trilhar, dando todos os incentivos materiais, financeiros e garantias de que esse é o melhor caminho, a melhor escolha, acomodando-nos com total segurança e conforto.

Tentar mudar, ou moldar, os outros é uma de nossas características erradas, porque não existe uma "verdade verdadeira". Por sermos indivíduos, cada qual na sua evolução, temos que galgar degrau por degrau na elevação espiritual.

Nosso trabalho seria o de orientador, ouvindo-os e incentivando-os a escolher seus próprios caminhos, para que possam colher bons frutos no futuro.

Cada qual tem de viver para si próprio, pois ninguém pode viver por você, nem para você. Não viva olhando somente no retrovisor, viva intensamente o aqui, agora, e não venha a se arrepender por não ter vivido esse momento precioso, pois ele não se repete, só segue em frente.

Quando vir o despertar do coração e da mente ao mundo espiritual, você saberá que somos energias em movimento, que vibramos continuadamente tanto negativamente quanto positivamente. Materializando-os, somos capazes de acessar 90% da nossa mente inconsciente, guardada no subconsciente, nosso livro de registro de muitas vidas, de nossa sabedoria acumulada.

Atos e pensamentos ficam registrados automaticamente e, ao concluir a passagem nesta curta vida terrena, será preciso ressignificar, corrigir erros e falhas. Mesmo o pagamento na justiça dos homens não o livra da justiça divina - você não pode mentir para si mesmo, pois você é filho Dele.

Após essa reflexão, cada um voltará a encarnar com a promessa de que vai se corrigir e evoluir nos pontos falhos até então tidos.

Portanto, concluímos que somos todos almas velhas, de muitas encarnações contínuas.



Takeo Watanabe
Há dois anos, dedica-se integralmente à terapia holística.
Com sua equipe, realiza consultas para auxiliar as pessoas no despertar da compreensão espiritual para um caminho mais feliz. Promove tratamento integrado do corpo, da mente e do espírito, além da conscientização do motivo da existência de cada um.
Email: terapia.watanabe@gmail.com

Portal Nippo-Brasil: contato@nippo.com.br
 
  Arquivo
  Tratamento Holístico
• A arte de viver bem com sabedoria
• O direito de escolha de cada um
• Te-ate - colocar a mão no local afetado
• O despertar
• O que devemos aprender
• A escola da vida, sob ponto de vista material e espiritual
• Almas velhas
• O bom uso da palavra
• Ouvir
• É só eu aguentar
(Watashi sae gaman sureba)

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

117 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases