Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Sábado, 27 de maio de 2017 - 10h47
Conversando de RH
07 de janeiro de 2016

É só eu aguentar - (Watashi sae gaman sureba)

Quem vive, ou viveu, esse drama sabe muito bem o que ele significa

A tirania de uma pessoa da família de hierarquia superior faz com que a outra pessoa, mais sensível, saia em defesa da manutenção da harmonia e do bem-estar da casa. "É só eu aceitar, concordar ou renunciar, que vai satisfazer o ego dessa pessoa superior, pois tudo tem de ser do seu jeito e conforme a sua vontade...". Assim, reina a paz, o sossego e o bem-estar de todos, em detrimento do sofrimento e da humilhação do outro, que vive um drama jamais imaginado em sua vida. Por trás de um sorriso, existe um coração queimado, triste, e com a mente estressada de tanto se preocupar, além de viver o medo constante, pois não sabe onde e quando "o raio cairá".

Essa é a realidade de muitas famílias, que não encontram saída para o alívio e acabam buscando apoio externo, envolvendo outras pessoas, contando o drama da vida que vive em busca de compaixão e aliados, como válvula de escape. Com isso, todos ficam sabendo do assunto, menos o próprio envolvido e, em algumas circunstâncias, ele até toma conhecimento por vias indiretas, mas seu orgulho e ego mantêm firme a sua personalidade, com atitudes cada vez mais intensas, em forma de represália.

Assim, elas aguentam e esperam os filhos crescerem e saírem de casa para se libertar desse sofrimento. Muitas separações de casais ocorrem em idade avançada, justamente por essa razão.

Entretanto, essas pessoas mais fracas continuam se lamentando, acumulando raiva e ódio no coração, prontas a explodir a qualquer momento, e algumas acabam adoecendo. Esses problemas são tipicamente de natureza cármica, quando as pessoas são postas à provação para superação e eliminação do carma criado no passado. Explicando melhor, o algoz e a vítima de encarnação passada encontram-se nessa vida para fazer o papel inverso e sentir na pele o sofrimento do outro como vingança. Devemos compreender que essa pessoa dominante (algoz), por sua vez, também sofre. Por isso, é necessário ter o domínio da aceitação, da reconciliação, do perdão e do amor. Esse é o caminho para a superação e para encontrar a felicidade, purificando o coração.



Takeo Watanabe
Há dois anos, dedica-se integralmente à terapia holística.
Com sua equipe, realiza consultas para auxiliar as pessoas no despertar da compreensão espiritual para um caminho mais feliz. Promove tratamento integrado do corpo, da mente e do espírito, além da conscientização do motivo da existência de cada um.
Email: terapia.watanabe@gmail.com

Portal Nippo-Brasil: contato@nippo.com.br
 
  Arquivo
  Tratamento Holístico
• A arte de viver bem com sabedoria
• O direito de escolha de cada um
• Te-ate - colocar a mão no local afetado
• O despertar
• O que devemos aprender
• A escola da vida, sob ponto de vista material e espiritual
• Almas velhas
• O bom uso da palavra
• Ouvir
• É só eu aguentar
(Watashi sae gaman sureba)

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

118 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases