Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Terça-feira, 21 de novembro de 2017 - 9h57

Conversando de RH

07 de abril de 2016
Em busca do ideal

Os mais velhos, e quem já morou no interior, sabem com certeza o que é um "coreto". É uma cobertura, geralmente circular, situada ao ar livre, quase sempre na praça principal da cidade, para abrigar bandas ou apresentações musicais. Ao seu redor, em dias festivos ou em fins de semana, incentivados pelos acordes da banda, ocorrem animados arrasta-pés, verdadeiros bailes populares.

Pois, outro dia, assistindo a um desses arrasta-pés na aprazível cidade de Poços de Caldas, programa que faço toda vez que vou para lá passear, percebi a alegria com a qual os casais, dos mais variados níveis sociais, jovens, maduros e idosos, dedicavam-se a essa divertida e saudável atividade. É contagiante. Alguns, desengonçados; outros, mais estilosos; não poucos, duplas que se destacavam pela elegância dos passos, desfilavam garbosamente suas evoluções em torno do coreto. Alegria (ou felicidade?) é o que os casais demonstravam, nos rostos suados.

Essa imagem me fez lembrar uma crônica do Arnaldo Jabor na qual ele filosofa, com sua verve e sabedoria, sobre a mulher ideal. Dizia Jabor, em resumo, que mulher de verdade não precisa ser linda, como manequim de vitrine, nem rica; desde que tenha bom humor, simpatia, alegria de viver e seja companheira. Quilinhos a mais ou um pouco de celulite não teriam importância, desde que gostasse de futebol e uma boa cerveja.

Acredito que muitos homens não só endossariam essa opinião, como também reforçariam a ideia de que essa é a mulher ideal pela qual eles procuram, e não a perfeitinha, sarada, mas insossa, que nada curte e de nada participa.

Já que o espírito desta crônica envolve um tema importante, e atendendo a sugestões recebidas de alguns leitores, peço permissão para reproduzir aqui algumas recomendações de especialistas em relações humanas, sentimentais e conjugais, para um casamento feliz. Não custa refletir sobre elas:

- Conquistem o seu espaço e respeitem o do cônjuge. Não sufoquem o outro. Permitam que o seu par seja feliz com as coisas de que gosta. Preservem a sua individualidade. Se o seu companheiro gosta de futebol ou de videogame, e você de novelas, deem espaço um ao outro, para que sejam felizes fazendo coisas que lhe proporcionem prazer.

- Mantenham a sua privacidade financeira, visto que muitas discussões conjugais são desencadeadas por questão de dinheiro. Independentemente da participação no orçamento geral, é importante que cada um tenha sua conta própria, para as necessidades pessoais.

- Valorizem a si e ao outro. Elogiem e faça por onde ser elogiado(a). Continuem a cuidar de si. Encontrem motivos, sempre que possível, para valorizar e reconhecer alguma característica boa de seu companheira(o).

- Bom humor é a palavra mágica para um relacionamento sadio e feliz. Ajuda a evitar atritos e desentendimentos. Brinquem quando puderem, riam juntos, sejam animados e divertidos.

- Mantenham a intimidade do casal. Nunca parem de namorar. Conheçam um ao outro em sua plenitude e retribuam as necessidades de cada um. Não permitam que a falta de tempo, o excesso de trabalho e até mesmo os filhos afastem esta importante união entre vocês. Permitam-se viver esses momentos e "surpreendam" seu parceiro de vez em quando com "carinhos especiais".

- Boa comunicação é essencial e precisa ser valorizada. Conversem muito. Sem diálogo, não há entendimento.

- Solidariedade deve sempre existir. Lembrem-se de que ambos estão no mesmo time. Quando alguém erra, o outro não o julga e o recrimina. Deixem o outro desabafar. Deem a oportunidade de apenas ouvir quando o outro precisa falar. Muitas vezes, tudo o que o seu companheiro precisa é de que você o ouça e diga que está ao lado dele.

- Dividam as responsabilidades, mesmo as caseiras, como lavar louças e varrer a sala. Esse compartilhamento fortalece muito a união.

- Respeito mútuo é básico em qualquer relação de confiança. Mesmo nas discussões que surgirem, devem prevalecer sempre o equilíbrio e o respeito, antes de tudo, para que ninguém saia machucado.

- Demonstrem seu amor constantemente. Mesmo pequenos gestos, afagos, ajudam a mostrar quanto ele(a) é especial para você.

É inegável que não existem fórmulas mágicas, nem receitas para o casal ser feliz. A felicidade terá que ser conquistada no dia a dia; em um ambiente no qual prospere o Amor, a Fé e a Paz nos corações do casal, há mais chances de isso acontecer.

Katsuo Higuchi



Katsuo Higuchi
Profissional de RH; como executivo e empresário , atua
na área há mais de 40 anos. Foi diretor da empresa AVANCE DO BRASIL.
e-mail: rk.higuchi@gmail.com

Portal Nippo-Brasil: contato@nippo.com.br
 
 Arquivo
 Recursos Humanos e Gestão de Negócios
• Diferenças que aproximam
• FAMÍLIAS BRASILEIRAS NO JAPÃO – A luta (difícil) pela integração
• Mudar para crescer
• Brasil, um país de contradições
• Por que sonhar é importante?
• O meu maior legado
• Pílulas de otimismo
• Tempos modernos
• EMPREGADO ou EMPRESÁRIO, qual é a melhor opção?
• Da Balada de Narayama aos tempos atuais
• Em busca do ideal
• Lições do Carnaval
• Crianças dão lição em Master Chef
• É Dezembro ...
• Laços de Família
• TERCEIRA IDADE, uma força que desponta
• Pêssego, caqui, ou jaca: qual é a fruta de sua preferência?
• Omotenashi, a arte de encantar as pessoas
• O dilema de escolher a profissão certa
• Convivendo com as diferenças no ambiente de trabalho
• 2014, Ano do Cavalo, novas esperanças...
• Ser líder é importante; Saber ser liderado também.
• A arte de encantar
• Falando de assédio moral e sexual dentro das empresas...
• É Dezembro...
• MUDANÇA DE EMPREGO: Dicas úteis para este fim de ano
• Ser tímido atrapalha na hora da promoção?
• “Há empregos, faltam profissionais“
• Você é racional ou emocional em suas decisões?
• EMPREGABILIDADE – O que é?
• O que é essa tal de “ASSERTIVIDADE”?
• O poder do NETWORKING
• A hora da verdade: a entrevista de seleção
• Modelo de um “ histórico de vida “
• CURRÍCULO = Cartão de Visita Profissional
• O crescimento econômico e as suas exigências
• SHOOKAI (Apresentação)

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

161 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases