Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Segunda-feira, 29 de maio de 2017 - 0h46
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Arquivo NippoBrasil - Edição 120 - 6 a 12 de setembro de 2001
 
Nikko: A Cidade dos Santuários
É de encher a alma e os olhos com suas belezas arquitetônicas!

Santuário Toshogu: imponentes portais e belas construções, onde estão também os conhecidos macaquinhos Mizaru, Kikarazu e Iwazaru talhados em madeira
 



(Redação/NB e Organização Nacional de Turismo Japonês)

As duas horas de trem de Tóquio, Nikko chama a atenção pela grandiosidade de sua natureza e o refinamento da arte humana, que se corporifica no Templo Xintoísta de Toshogu. O toque histórico da região é dado pelos grandes festejos realizados no local durante a primavera e outono, com procissões espetaculares onde os participantes desfilam em trajes da era feudal. Este templo e os demais encantos do Parque Nacional de Nikko fazem dessa região um importante centro de excursões.

Parque Nacional de Nikko

Localizado a 150 km ao norte de Tóquio, estende-se por uma área de 134.500 acres e foi abençoado por um magnífico cenário montanhoso, com lagos, rios, cascatas, planaltos e floresta virgem. A cidade de Nikko, situada entre as maravilhas cênicas do parque, é mundialmente famosa pela harmonia entre a beleza natural e a beleza artística de suntuosas arquiteturas, tais como o Santuário de Toshogu, o Templo de Rinnoji e o Santuário de Futarasan. Nesta vasta área há uma excelente infra-estrutura para recreação e esportes. Os visitantes podem desfrutar dos prazeres da caminhada, acampar, passear de barco, pescar, esquiar e patinar.

O que ver em Nikko

Shinkyo ou Ponte Sagrada - fica a 5 minutos de ônibus ou 15 minutos a pé, partindo-se da estação através da Rua Nikko. Esta linda ponte, de cor vermelha, medindo 28 metros de extensão e 7,2 metros de largura, está localizada sobre o Rio Daiya, paralela à Ponte Nikko. Atualmente, ela é aberta ao público apenas na época dos festivais do Santuário Toshogu.

Santuário Futarasan – localizado entre o Santuário Toshogu e o Mausoléu Daiyuin, é o prédio mais antigo do distrito, datando de 767.

Santuário Toshogu – dedicado a Tokugawa Ieyasu (1542-1616), o fundador do Shogunato Tokugawa, o santuário foi construído pelo seu neto Iemitsu, em 1636. Lá é possível se deparar com a mistura da arquitetura budista e xintoísta. Já na entrada, o visitante encontrará um enorme torii em pedra e um pagode de cinco andares, com 35 metros de altura, pintado em laca vermelha e dourada. Adentrando-se o recinto, avista-se um segundo portal, o Niomon ou o Portal dos Reis Deva. Perto deste portal fica o Estábulo Sagrado, cujo beiral de madeira é todo trabalhado e apresenta a célebre escultura dos três macaquinhos, conhecidos como Mizaru, Kikarazu, Iwazaru, que representam respectivamente, não ver o mal, não ouvir o mal e não falar o mal. A mais fascinante de todas as estruturas do Santuário Toshogu é o Portal Yomeimon (Higurashi-no-mon ou Portal do Crepúsculo). Embora seja pequeno, ocupando uma área de apenas 30 metros quadrados, este portal de dois andares supera todas as outras estruturas, na complexidade de sua construção e no esplendor de suas esculturas e outras decorações.


Festival de Outono, em outubro

Festival da Primavera, em maio

Templo Rinnoji – que se destaca pelo Sambutsudo, o hall principal que abriga três gigantescas imagens: o Kannon dos Mil Braços (Deusa da Misericórdia), à direita; Amida, no centro e o Bato Kannon (o Kannon Cabeça de Cavalo), à esquerda. No lado noroeste do Hall Sanbutsudo fica Sorinto, um pilar de bronze que abriga dez mil volumes de sutras sagradas.

Chuzenji Onsen – à margem nordeste do lago, é o centro da área do Lago Chuzenji. Há muitas lojas de souvenirs, restaurantes e acomodações no estilo japonês com banhos de termas.

Catarata Kegon – cuja queda mede 90 metros, é uma das mais espetaculares cachoeiras do Japão. Ela tem origem no lago Chuzenji. É possível chegar até a base da cachoeira pelo elevador. Devido à sua elevada altitude, é um lugar ideal para o verão. Ao longo da queda principal, há doze quedas menores, chamadas Juni-Taki, dando maior esplendor ao panorama. As árvores coloridas no outono e a oportunidade de esquiar no inverno atraem um constante fluxo de visitantes. No inverno, a cachoeira congelada produz um efeito de rara beleza ao cenário. Serviços de barcos regulares no lago conectam Oriji Pier (5 min. a pé do ponto de ônibus Chuzenji Onsen) com Shobugahama em 20 minutos. O serviço é suspenso de dezembro até março.

Santuário Futarasan Chuguishi – a 10 minutos a pé do ponto de ônibus Chizenji Onsen, foi fundado em 784. Algumas construções de tenokis são consideradas importantes propriedades culturais. A trilha até o topo do Monte Nantai começa aqui.

Templo Chuzenji ou Tachiki Kannon – 15 a 20 minutos a pé do ponto de ônibus Chuzenji Onsen, armazena a famosa estátua da Deusa de mil braços.

Chanokidaira – 6 min. por teleférico desde Chuzenji Onsen, é um observatório com uma vista panorâmica. Oferece também um jardim botânico de plantas pantanosas.

Akechidaira – 45 min. de ônibus da Estação Nikko, mais 3 min. de teleférico, é um observatório que comanda uma vista de Monte Nantai, Lago Chuzenji e Catarata Kegon.

Monte Nantai – altura de 2.484 metros, está aberto para escaladas desde 5 de maio até 15 de outubro, que duram em média de 3 a 4 horas de escalada.

Jardim Botânico de Nikko – a 10 minutos a pé do Santuário, cobre uma área de 13.100 metros quadrados e contém 3 mil tipos de flora alpina. Perto do jardim fica o Museu de Nikko, onde são expostos muitos objetos ligados à natureza e cultura do Parque Nacional de Nikko. O prédio do museu, de três andares com telhado de cobre, foi no passado, uma residência imperial. Aberto das 9h às 16h30 (o portão fecha às 16h). Fechado: 1o de dezembro a 14 de abril e às segundas.

Tobu World Square – preserva réplicas das estruturas arquitetônicas históricas mais famosas do mundo. Atrações incluem Torre de Tokyo, Estátua da Liberdade, Pirâmide, Esfinge, Torre Eiffel, Palácio de Buckingham, Taj Mahal, Grande Muralha da China, Palácio Katsura e o Castelo de Himeji. O parque cobre uma área de 87.367 metros quadrados e está dividido em zonas de Japão Moderno, América, Egito, Europa, Ásia e Japão (tradicional). Aberto diariamente das 9h às 17h (20 de março a 10 de novembro), 9h às 16h (11 de novembro a 19 de março).

Nikko Edomura Village – é um famoso parque temático que reproduz a vida e a cultura do Período Edo através de uma variedade de atrações e performances. A entrada básica é 1500 ienes para adultos e a entrada extra é necessária em casos de atrações e jogos, como combates de Ninjas, e uma variedade de peças teatrais japonesas. Aberto diariamente das 9h às 17h (1o de abril a 30 de novembro), 9h às 16h (1o de dezembro a 31 de março).

Kinugawa Onsen – é um dos spas mais populares com ryokan de alta capacidade e de vários níveis. Os Minshuku também estão disponíveis. Viagens pelo Rio Kinu de barcos a remos são operados no início de abril até início de novembro. Uma boa trilha natural está espalhada no desfiladeiro Ryuokyo, 12 min. de ônibus da Estação Kinugawa Onsen.

 Arquivo - Turismo Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 208
• Kansai - Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 205
• Soka
ARQUIVO - EDIÇÃO 202
• Hirakata
ARQUIVO - EDIÇÃO 199
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 197
• Tohoku
ARQUIVO - EDIÇÃO 195
• Tóquio e arredores: belezas que encantam
ARQUIVO - EDIÇÃO 193
• Chugoku-Shigoku: O coração do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 191
• Okinawa: Uma região de paraísos subtropicais
ARQUIVO - EDIÇÃO 189
• Nagasaki - O berço cristão japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 187
• Shimabara
ARQUIVO - EDIÇÃO 185
• Tottori: O Saara japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 183
• Matsue - A herança intacta dos samurais
ARQUIVO - EDIÇÃO 181
• Chiba conserva folclore cultural da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 179
• Okutama: Refrescando-se nas montanhas
ARQUIVO - EDIÇÃO 177
• Mito: A cidade de um dos mais belos jardins japoneses
ARQUIVO - EDIÇÃO 175
• Izu - O paraíso das águas
ARQUIVO - EDIÇÃO 173
• Kyoto: Cenário de três mil templos
ARQUIVO - EDIÇÃO 171
• Chindon-ya
ARQUIVO - EDIÇÃO 169
• Toyama no Kusuri
ARQUIVO - EDIÇÃO 167
• Sensooji o templo do Carnaval
ARQUIVO - EDIÇÃO 165
• Odaiba: a face futurista de Tóquio
ARQUIVO - EDIÇÃO 163
• Todaiji: o templo do grande Buda de Nara
ARQUIVO - EDIÇÃO 161
• Ryuhyoo: O gelo navegante de Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 159
• Hokkaido, o inverno mais gelado do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 134
• Yamanashi:
A Terra dos Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 130
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 128
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 126
• Okinawa: Ryukyu, Soberano dos Mares do Sul
ARQUIVO - EDIÇÃO 124
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 122
• Monte Fuji e os Cinco Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 120
• Nikko: A Cidade dos Santuários
ARQUIVO - EDIÇÃO 118
• Parques Temáticos
ARQUIVO - EDIÇÃO 116
• Hakone - A região dos vales fumegantes
ARQUIVO - EDIÇÃO 114
• Iwate
ARQUIVO - EDIÇÃO 108
• A atraente ilha de Sado
ARQUIVO - EDIÇÃO 106
• Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 104
• Kansai: Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 101
• Soka: Industrialização traz rápido progresso à cidade
ARQUIVO - EDIÇÃO 98
• Hirakata

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

127 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases