Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Segunda-feira, 20 de maio de 2019 - 2h48
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2018
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


 

Reinauguração do Museu da Imigração Japonesa
em SP neste dia 30/04


Data da reabertura coincide com a passagem da atual Era para a nova era Imperial Japonesa

Referências da cultura japonesa estão por todo país, principalmente no estado de São Paulo, que abriga a maior comunidade nipônica fora do Japão. Sua história se mistura com o crescimento e desenvolvimento do Brasil, principalmente no século 20, período marcado pela imigração de milhares de japoneses, que buscavam uma oportunidade de trabalho e ascensão.

Explicar e apresentar este legado é missão do Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, que reinaugura, neste dia 30 de abril, suas instalações que, em poucos meses, reformou por completo dois dos três andares de exposição. Essa foi a primeira restauração deste porte nos seus 41 anos de história. O acervo passou por uma renovação total, oferecendo ao público melhor infraestrutura, segurança e tecnologia para imergir na trajetória da quinta maior população de imigrantes no Brasil.

A data marca também a abertura de uma exposição de fotos do Imperador Akihito e da Imperatriz Michiko, nas três visitas que fizeram ao Brasil, inclusive para a inauguração do Museu em 1978. O espaço abriga ainda dois raros quadros com retratos das suas majestades em trajes de gala.

O acervo do Museu conta com mais de 100 mil conteúdos entre objetos, documentos e fotos em exposição e em arquivo. São 1.350 metros quadrados de área exclusiva aos visitantes, que chegam a 2 mil por mês e 450 metros quadrados de reserva técnica e administração. Este é o maior museu do país dedicado a este capítulo da história do Brasil.

"Temos muito orgulho de abrigar um museu que é referência para a preservação e memória da história dos imigrantes japoneses no Brasil. Além da exposição de objetos centenários que fazem parte da trajetória deste povo, criamos nas nossas instalações ambientes e interações lúdicas, responsáveis por transportar o visitante à vida e costumes da colônia nipônica no Brasil no século 20", enfatiza Lidia Yamashita, vice-presidente da Comissão de Administração do Museu Histórico da Imigração Japonesa.

Nova Era Imperial no Japão

A reabertura do museu coincide com a passagem da atual Era Heisei para a nova Era Imperial, quando o imperador Akihito abdica para que seu filho, Naruhito, assuma como novo imperador do Japão no dia 1º de maio. Este fato histórico simboliza um novo momento para o povo japonês, representando a união e a harmonia do povo e das gerações.

A era do imperador Naruhito chamará Reiwa, que pode ser traduzida como "bela harmonia". (segundo divulgação do Ministério dos Negócios Estrangeiros, beautiful harmony).

Parcerias

O Museu que completou 40 anos no ano passado, decidiu em 2017 formar uma força-tarefa para a reforma e modernização, para fazer frente aos problemas provindos do estado avançado de deterioração de suas instalações básicas como o ar condicionado, a rede elétrica e estruturas expositivas atacadas por cupim e vazamento de chuvas, incluindo nessa iniciativa a comemoração dos 110 anos da imigração japonesa festejado no ano passado, com a vinda da Princesa Mako do Japão.

A reforma do Museu foi viabilizada por empresas privadas instaladas no Brasil, a maioria de origem japonesa, que doaram recursos sem o uso de leis de incentivo, com o único objetivo de apoiar a preservação da história e disseminação da cultura no Estado de São Paulo.

"Com o planejamento adequando a dinâmica das contribuições, em 13 meses já foram concluídos 2 andares, o 7º e o 8º andares, com um custo aproximado de R$ 3 milhões aplicados nesta renovação, restando ainda o 9º e o 3º andares, que estão dentro do planejamento global, para viabilizar a perpetuação do nosso acervo e integrando mais tecnologia ao percurso dos visitantes. Recebemos públicos das mais diversas nacionalidades, descendências e idades, e queremos chamar ainda mais atenção dos turistas e da população de São Paulo", acrescenta Lídia.

Bunkyo

O Museu é mantido e administrado pelo Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social, criado em 1954 e formado por 32 Comissões temáticas formadas por associados-voluntários.

Sua atuação é focada em diversas frentes como organização de eventos, recepção a autoridades e administração das instalações culturais (Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, Pavilhão Japonês, Biblioteca e Centro Esportivo Kokushikan Daigaku).


Serviço
Museu Histórico da Imigração Japonesa
Rua São Joaquim, 321 – Bairro Liberdade – São Paulo (SP)
Horário: Terça a domingo, das 13h30 às 17h
Ingresso: R$12 (inteira), R$ 6 (meia entrada)
www.museubunkyo.org.br

 

29 de abril de 2019 - Notícia - Portal NippoBrasil




 Notícias
14/05/2019
JICA Yokohama e Universidade de Kyushu promovem treinamento de Nutricionistas
08/05/2019
Definido o Cronograma do Processo Seletivo 2020 das Bolsas de Estudo MEXT
07/05/2019
O Centro Cultural BB e Fundação Japão realizam Mostra de Cinema japonês
29/04/2019
Reinauguração do Museu da Imigração Japonesa em SP neste dia 30/04
26/04/2019
Escolhidos os finalistas do Concurso de Vídeo em Língua Japonesa da Fundação Japão
26/04/2019
Undokai em Santos celebra início da Era Reiwa, no dia 1º de maio
23/04/2019
Hospital Santa Cruz realiza Campanha de Vacinação contra a gripe em 2019
17/04/2019
Plantão de orientação de bolsas de estudo do Governo Japonês em Curitiba/PR
17/04/2019
Websérie documental aborda a inclusão profissional dos nipo-descendentes no Brasil
16/04/2019
Realização de palestras sobre bolsas de estudo do Governo Japonês em Curitiba/PR
12/04/2019
Udon Matsuri no Osaka Naniwa-kai neste dia 14
29/03/2019
Fundação Japão e Programa de Pós-Graduação da USP promovem o IV Colóquio em Estudos Japoneses
26/03/2019
Abertas inscrições para bolsas de estudo da JICA aos alunos do ensino fundamental e médio, e cursos específicos
12/03/2019
Fundação Japão promove palestra sobre a música popular nipo-brasileira
11/03/2019
Fundação Japão promove curso básico de japonês on-line
26/02/2019
2º Festival Rio Matsuri de 2019
26/02/2019
JETRO promove exposição sobre a província Hokkaido em São Paulo
18/02/2019
Palestra, neste dia 20, sobre coexistência multicultural na sociedade japonesa atual

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

98 usuários online