Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Sábado, 25 de março de 2017 - 8h35
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


06 de setembro de 2016 - Notícia - Portal NippoBrasil
 
Atores orientais lançam canal de vídeo
pró-diversidade a partir de setembro

(Fonte e fotos: Divulgação)

Após polêmica escolha de atores sem ascendência oriental na nova novela da TV Globo, Sol Nascente, um grupo de atores orientais, o Coletivo Oriente-se, lançou manifesto, no dia 31 de agosto, contra o chamado yellowface, pessoas brancas que interpretam orientais. O grupo reivindica a presença de mais atores orientais em produções audiovisuais brasileiras. A partir de setembro, o grupo publicará semanalmente, em sua página do Facebook (www.facebook.com/ColetivoOrienteSe), um vídeo ficcional de drama ou comédia com a presença de orientais.


Ligia Yamaguti, Marcos Miura e Cristina Sano

"É triste para nós saber que as pessoas nos veem como estrangeiros, sendo que nascemos, crescemos, produzimos e contribuímos para o crescimento do País como qualquer outro cidadão brasileiro", comenta Marcos Miura, um dos atores e redatores do coletivo. Para a atriz Cristina Sano, uma das fundadoras da iniciativa: "É necessário aumentar a representatividade das várias etnias brasileiras, especialmente da etnia oriental, em produções de televisão, cinema e teatro." Para o ator Rogério Nagai: "É necessário ter espaço em igualdade para todas as etnias, sem preconceito ou discriminação".

Sobre o Coletivo Oriente-se

O grupo
O Oriente-se é um coletivo de atores profissionais brasileiros com ascendência oriental que tem como objetivo difundir a diversidade da etnia brasileira em produções cênicas, midiáticas e audiovisuais do País.


Veja o texto do Manifesto divulgado pelo grupo:
Manifesto do Coletivo Oriente-se no Brasil pela igualdade étnica

"Nós, artistas e profissionais das artes com ou sem ascendência oriental, seja japonesa, seja chinesa, ou coreana, reivindicamos igualdade no tratamento justo a todos os cidadãos, repugnando práticas de discriminação étnica que ocorrem em algumas produções audiovisuais que retratam o oriental de forma estereotipada, preconceituosa e distorcida da realidade. Em especial produções populares de rede aberta, como novelas, seriados e comerciais, que atingem a maioria da parcela dos cidadãos brasileiros, influenciam diretamente a sociedade, promovendo, às vezes, conceito deturpado e negativo, denegrindo a imagem dos orientais e educando as novas gerações com a visão preconceituosa contra a nossa comunidade.

Somos parte integrante da sociedade brasileira, nascemos, vivemos e contribuímos com muito trabalho para o enriquecimento e o desenvolvimento de nossa nação. Ter a presença de atores e artistas orientais em produções de audiovisual em papéis não estereotipados e de forma respeitosa é o mínimo e o justo que a comunidade oriental brasileira merece, em retribuição e gratidão por mais de um século de história em terras brasileiras. Somos brasileiros e exigimos respeito para todos, independentemente de sua ascendência. A diversidade étnica, social e/ou de gênero é fundamental e necessária para o crescimento de qualquer cidadão.

Entendemos que, perante as desigualdades existentes, não basta rejeitar as práticas de discriminação, mas sim realizar ações que possam corrigir distorções e aproximar indivíduos. É responsabilidade de cada um de nós, brasileiros, promover a igualdade no cotidiano, por meio de nossos atos, trabalhos e postura. É de extrema importância que os profissionais que atuam diretamente na concepção e produção de obras de audiovisual tenham a consciência de que a sua criação pode influenciar positivamente a nossa sociedade e difundir a diversidade. Cabe também a nós, artistas orientais brasileiros, fomentar a imagem positiva de nossa comunidade, por meio de nosso trabalho artístico, para que as futuras gerações possam se olhar com a autoestima de um cidadão brasileiro pertencente a esta nação.

São Paulo, 31 de agosto de 2016."





 Notícias
24/03/2017
Polícia Civil detém homem por roubos a clientes de casa de câmbio no bairro da Liberdade
24/03/2017
Aliança Cultural Brasil-Japão promove aula demonstrativa gratuita no colégio Marista
13/03/2017
Hospital Santa Cruz inaugura serviço de Terapia Ocupacional
08/03/2017
Operação da Polícia Civil de SP prendeu 14 integrantes de máfia chinesa
07/03/2017
96ª Exposição de Orquídeas na Liberdade
17/02/2017
Parceria com o Japão amplia projeto Adolescente Aprendiz em Minas Gerais
16/02/2017
SP exibe mostra de cinema japonês com animes de Makoto Shinkai
08/02/2017
Pequenas empresas japonesas participam de feira de negócios em São Paulo
31/01/2017
Fundação Japão promove workshop com karatecas japoneses
22/12/2016
Parceira da FAPESP e JSPS do Japão para realização de workshops
09/12/2016
Viaje ao paraíso das orquídeas de Mogi das Cruzes neste sábado
06/12/2016
Funcionários da Cenibra participam da Volta da Pampulha 2016
29/11/2016
Hospital Santa Cruz oferece serviços de alta qualidade que permitem identificar e tratar o câncer de próstata
25/11/2016
Seguradora Sompo lança seguro para Pet Shops e Clínicas Veterinárias
25/11/2016
Rinri Institute of Ethics do Japão promove palestra em dezembro sobre “Administração com Ética Pura”
18/11/2016
2º Fórum Internacional sobre a identidade cultural okinawana acontecerá na ALESP
18/11/2016
Abertas inscrições para vagas de estágio no Centro de Pesquisa Mokiti Okada
17/11/2016
Curso temático de Natal - Origamis natalinos
08/11/2016
Hospital Santa Cruz promove palestra gratuita sobre prevenção de arritmias cardíacas e morte súbita
21/10/2016
Empresas japonesas do setor automobilístico vêm ao Brasil em busca de novos negócios e parcerias
13/10/2016
Chef Eduardo Nakahara, do Rio de Janeiro, vence a Copa Brasil Best Sushiman
11/10/2016
Hospital Santa Cruz promove palestra sobre câncer de mama
23/09/2016
Rinri Institute of Ethics do Japão promove palestra “O segredo para superar as dificuldades” em São Paulo
13/09/2016
Estação Pinheiros da CPTM recebe instalação sobre imigrantes com fotos de usuários
12/09/2016
Memória musical dos imigrantes é destaque na Aula de Mestres

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

77 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases